domingo, 28 de setembro de 2014

As estranhas estátuas de Tomsk

Olá a todos. Aqui estou novamente. Dessa vez para falar sobre uma coisa bem atípica que encontrei em Tomsk: estátuas, digamos, pouco comuns em outros lugares. Mas, como assim? Vou explicar melhor.

Em Tomsk, como em quase todas as cidades, existem estátuas para todo tipo de personagem. Como em muitas cidades russas, Tomsk tem a sua grande estátua do Lenin, erigida nos tempos soviéticos. Um busto a Alexander Pushkin, considerado o maior poeta russo da historia e pai da língua russa moderna, também é facilmente encontrado na principal avenida da cidade. Mas, em Tomsk foram erguidas algumas estátuas para outros personagens, famosos ou não. A natureza dessas personagens e por vezes a situação retratada nos monumentos fogem do comum.

Anton Tchekhov visto por um bêbado de Tomsk
Por exemplo, há uma estátua em homenagem a um grande escritor russo do século XIX chamado Anton Tchekhov. Ele visitou Tomsk e depois relatou que foi uma péssima experiência. Na opinião dele, Tomsk era uma cidade muito fria, feia e suja. Os homens só viviam bêbados, as mulheres eram feias e todos eram muito mal educados e chatos, além de outras coisas. Por conta disso, em 2004, para celebrar os 400 anos da cidade, um artista local decidiu fazer uma estátua de Tchekhov na visão de um bêbado. Por isso ele parece tão estranho. É como ele pareceu aos olhos de um bêbado de Tomsk. E, por ironia, ela fica bem ao longo do leito do rio Tom, um dos pontos mais frios da cidade. Ele já tem o nariz, a barba e o guarda chuva muito mais claros que o resto da estátua  de tanto que as pessoas põem as mãos nesses lugares ao tirar fotos com ele. Provavelmente o escritor não consideraria esse gesto de por as mais nele muito educado. A estátua tem os pés descalços por que Tchekhov perdeu um sapato no meio da lama em Tomsk (e essa história é verdadeira). Certamente uma atração que vale a visita, além da bela vista que se tem do rio onde a estátua se situa. Ela fica na ploschad' Lenina, 10 (Площадь Ленина 10).
Recém nascido em um pé de repolho, como diz a tradição
Outro monumento bastante interessante é o de um recém nascido em um pé de repolho. Mas, por que isso? Simples: na Rússia, segundo o folclore, os bebês podem aparecer na família de duas maneiras: a primeira, menos popular, é que os bebês são trazidas para os pais pela cegonha como dizemos no Brasil; a segunda, e essa versão é muito mais difundida na Rússia, que os pais saem procurando nas plantações de repolho aonde estão as crianças. Quando as encontram, levam para casa. A estátua serve de apoio para os pais que explicam às crianças como elas nasceram. Não por acaso ela fica bem em frente a uma maternidade, na principal avenida da cidade, a Prospekt Lenina, 65 (Проспект Ленина 65).

Estátua da mulher grávida. Dentro, um feto
Atravessando essa avenida, em frente ao setor de obstetrícia de um instituto de medicina existe mais uma estátua curiosa. Esta é a de uma mulher grávida. Como ela é composta de tiras de metal, é possível ver o feto de um bebê dentro da barriga da mãe. Percebi que ultimamente se tornou uma tradição amarrar um laço na estátua. Ao que parece, para celebrar a chegada do tão esperado novo membro da família. A estátua foi colocada lá em 2005, para celebrar os 115 anos do instituto.

A parede desse instituto também é decorada com estátuas. São os bustos de professores e médicos famosos e importantes  na história da Sibéria. 

Na cidade, entre as mulheres, existe a lenda de que se a grávida toca a barriga dessa estátua, a criança nasce mais fácil e com saúde. Das estátuas estranhas, essa foi a que me pareceu mais normal. Ela fica na Prospekt Lenina, 38 (Проспект Ленина 38).

Lobo do desenho "Jil byl pyos"
Uma outra estátua bem diferente que se pode encontrar em Tomsk é a de um lobo de um desenho animado soviético chamado "Jil byl pyos (Жил был пёс)". No desenho, esse lobo come toda a comida de uma festa de casamento e fica com a barriga enorme e redonda. O monumento a esse lobo retrata o exato momento em que ele está muito cheio, sentado, com a barriga muito grande. Quando você visitar a estátua, pegue uma moeda, chave ou qualquer outra peça de metal e toque na barriga, no alto à esquerda (tem uma marquinha lá). Alguns áudios do desenho são reproduzidos, inclusive o clímax do desenho, o momento em que o lobo diz "agora eu vou cantar". Essa frase (Щас спою) está gravada na parte da frente da estátua e, mesmo que você não fale russo, é possível entender o que ele diz. Vale a pena a visita, mesmo que a região seja um pouco estranha. Se localiza na Ulitsa Shevchenko, 19 (Улица Шевченко 19).

Além dessas estátuas curiosas, existem muitos outros monumentos diferentes, como os monumentos a muitas profissões, como aos eletricistas (que fica no alto de um poste), limpadores, professores, geólogos e. A mais surpreendente de todas, que fiquei sabendo, era a de um homem fugindo pela janela da casa da amante, poucos instantes antes do marido desta chegar. Mas, parece que retiraram essa estátua. Deve haver outras que não encontrei nem fiquei sabendo. Saia andando pela cidade para encontrá-las. Seguramente vão te surpreender.

No momento é isso pessoal. Sugestões, críticas, elogios, reclamações ou qualquer outro comunicado, basta comentar aqui embaixo que eu te respondo o mais rápido possível, ok? Até a próxima!



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de comentar, é preciso saber que existem algumas regras por aqui:
1 - os comentários sempre são moderados. Se escrever uma vez e parecer que deu erro, não deu não.
2 - se for perguntar algo, verifique se sua pergunta tem a ver com a postagem onde vai comentar. Se não tiver, o comentário será ignorado.
3 - se pensa em pedir alguma ajuda para imigrar para a Rússia (quase todos os dias recebo esse tipo de mensagem), nem perca seu tempo.
4 - seja educado. Afinal de contas, dizer "olá" e "obrigado" não custa nada.
5 - quer dar alguma sugestão para postagem? Inscreva-se no blog primeiro. Assim os dois se ajudam.

Se conseguir observar tudo isso acima (e não é difícil, convenhamos), seu comentário é muito bem-vindo.