quarta-feira, 3 de setembro de 2014

O voo para a Rússia!

GRU - Aeroporto Internacional de Cumbica (São Paulo)
Após um longo silêncio, no qual houve muita correria por questões burocráticas, horários de voos e coisas assim, enfim estou em Tomsk. Ontem finalmente ligaram internet na minha casa e agora posso contar um pouco sobre como são as coisas por aqui. Falarei primeiro do voo até Moscou.

Depois de muita indecisão, minha viagem foi marcada para o dia 25 de Agosto de 2014, às 03:05 da manhã. Cheguei ao Aeroporto Internacional de Guarulhos em São Paulo às 23:00 e a espera foi longa até o embarque. O primeiro trecho coberto foi São Paulo - Istambul, voando pela Turkish Airlines no voo TKY16 que vinha de Buenos Aires. Aliás, quando resolver voar, pense seriamente em ir com eles. Ótimo atendimento do time de bordo e bastante conforto, além de não ser tão cara quanto outras companhias europeias.

IST - Aeroporto Internacional Atatürk (Istambul)
A viagem transcorreu sem problemas e, após mais ou menos 12 horas e 30 minutos, chegamos a Istambul às 21:35 locais. Infelizmente não consegui ver nada da cidade, apesar de ficar 13 horas parado lá. Andei, dormi, comprei, comi, andei mais um pouco pela área de trânsito. 

Finalmente, às 11:05 da manhã do dia 26 de Agosto embarquei para Moscou, novamente pela Turkish Airlines. O voo é rápido, pouco menos de 3 horas. Enfim desembarquei no Aeroporto Internacional de Vnukovo, que fica ao sul de Moscou às 14:55. Até conseguir pegar a mala e me desenrolar das burocracias aduaneiras e revista de bagagens levei uns 20 minutos. Inclusive, quando eu disse que vinha do Brasil, pediram para abrir a mala e deram uma olhada meio desconfiados, especialmente em uns livros grandes que eu trouxe na mala. Olharam bem para ver se não havia drogas escondidas, mas enfim me deixaram ir.

VKO - Aeroporto Internacional de Vnukovo (Moscou)
Para minha felicidade, minha esposa e meu sogro me esperavam lá. Há uma tradição muito forte na Rússia de ir receber os parentes no aeroporto ou qualquer lugar onde a pessoa vai chegar. Mesmo se a pessoa trabalha na hora da chegada, ela faz o possível para dar um jeito e ir te recepcionar. Deixamos o Vnukovo e então começou uma longa jornada até a cidade da minha esposa, chamada Voskresensk. Não porque ela fica longe do aeroporto (mais ou menos 80 km de Moscou), mas por conta do trânsito: foram mais de 6 horas de trânsito! Sim, não é engano. Saímos do Vnukovo por volta de 15:30 e chegamos em Voskresensk às 22:00. Obras para a ampliação do metrô, um acidente feio e excesso de carros provocaram esse grande trânsito. Mas chegamos todos bem, isso que importa.

Por enquanto é isso. Logo volto para falar mais sobre a Rússia e Tomsk em geral. Até a próxima.

3 comentários:

  1. Eu queria também recomendar uma companhia aéria que tem voos do Brasil para a Rússia. Isso é Emirates. Eu ouvi que é muito caro no Brasil, mas os voos deles são muito confortáveis.

    Para quem quer economizar, recomendo Swiss. O atendimento deles não é sempre bom (uma vez foi ruim, uma vez normal), mas você pode economizar bastante dinheiro e também não vai precisar de ficar muito tempo na área de trânsito.

    ResponderExcluir
  2. Luciano, boa noite!

    Gostei bastante do seu blog, tem muitas dicas interessantes! :)

    Estava procurando exatamente isso, informações de um brasileiro sobre a Rússia!

    Eu penso em visitar um amigo que mora em Petrozavodsk em fevereiro, mas os vôos direto para lá são muito caros, então penso em ir até Moscou, pela Tap, e de lá pego um outro voo pela S7 para Petrozavodsk, fiz uma simulação e ficou em torno de R$450 (ida e volta) de Moscou para Petrozavodsk.

    Você deu a dica da Turkish, mas pesquisei e achei mais cara que a Tap e a S7, também pesquisei Emirates, Swiss, Tam, e todas bem mais caro.

    Mas, a minha dúvida é a respeito do idioma nos aeroportos, na Rússia (aeroportos), você se comunicou em russo ou inglês? Na Rússia em geral, é possível se comunicar em inglês?

    Pergunto porque ao chegar em Moscou eu ainda teria que comprar uma nova passagem para Petrozavodsk, então tenho receio de chegar no aeroporto e ninguém me entender e vice-versa, rsrsrs

    Só mais uma coisa, brasileiro não precisa de visto mesmo para Rússia, né?

    A última da última coisa, no aeroporto eles exigem que o passageiro comprove um determinado montante de dinheiro para se manter na Rússia pelo período que ficar ou não? Li sobre isso no site da embaixada e fiquei meio assustada, era uma quantia bem alta.

    Obrigada e continue escrevendo! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Alexandra! Que bom que gostou do blog. Fico muito contente!

      Ah sim, os preços variam muito e fiz essa viagem há mais de três anos. Muita coisa deve ter mudado nesse tempo. A S7 é uma empresa boa. Nunca tive problemas com eles. Acho qe não devem nada às empresas brasileiras.


      Então, na Rússia em geral não falam muito inglês não. No aeroporto provavelmente será mais fácil encontrar falantes de inglês e que possam te ajudar a comprar para Petrozavodsk, além de você pode ir a São Petersburgo e de lá ir de trem. São umas 3 ou 4 horas de viagem, se não me engano. E saiais em conta que voar.

      Sim, brasileiros não precisam de visto para visitar a Rússia por até 90 dias. Se quiser ficar mais que isso, precisa pedir algum visto (estudo, trabalho etc.)

      Hmm, não me pediram para mostrar dimheiro quando cheguei na Rússia. Nem para o meu irmão. Mas é sempre bom ter algo contigo.

      Espero que goste da sua voagem para a Rússia. Ela é um lugar muito legal. :-).

      Excluir

Antes de comentar, é preciso saber que existem algumas regras por aqui:
1 - os comentários sempre são moderados. Se escrever uma vez e parecer que deu erro, não deu não.
2 - se for perguntar algo, verifique se sua pergunta tem a ver com a postagem onde vai comentar. Se não tiver, o comentário será ignorado.
3 - se pensa em pedir alguma ajuda para imigrar para a Rússia (quase todos os dias recebo esse tipo de mensagem), nem perca seu tempo.
4 - seja educado. Afinal de contas, dizer "olá" e "obrigado" não custa nada.
5 - quer dar alguma sugestão para postagem? Inscreva-se no blog primeiro. Assim os dois se ajudam.

Se conseguir observar tudo isso acima (e não é difícil, convenhamos), seu comentário é muito bem-vindo.