quarta-feira, 1 de outubro de 2014

O Parque Lagerny Sad em Tomsk

Olá a todos! Hoje falarei sobre um parque que visitei no último fim de semana aqui em Tomsk. Quando você estiver por Tomsk, visite-o. Ele se chama Lagerny Sad (Лагерный сад). 

Um esquilo no Lagerny Sad
Para chegar a este parque saindo do centro da cidade siga pela Prospekt Lenina (Проспект Ленина) até o seu começo. O parque fica bem em frente a essa avenida. Ele se chama Lagerny Sad (Jardim de acampamento) porque desde o século XVIII havia lá acampamentos de algumas divisões do exército durante os verões. No século XIX esse lugar já era bastante popular entre os habitantes por conta da sua beleza. O Lagerny Sad também é conhecido como um monumento geológico natural. Lá dá para observar todos os níveis da terra (terraços), mostrando as mudanças do clima no lugar, que variou de subtropical até o frio de hoje nos últimos bilhões de anos. Arqueólogos acharam nesse território traços de humanos que moravam lá 20 mil anos atrás e ossos de mamutes.
Memorial aos combatentes da Segunda Guerra e Fogo Eterno
Logo na entrada ha dois grandes blocos de mármore. Em um deles está escrito 1941 e no outro 1945. Um pouco além ha muitos muros com os nomes das pessoas de Tomsk que estiveram envolvidas na Segunda Guerra Mundial e morreram em combate. Entre esses muros ha uma grande estatua com dois guerreiros, um dando uma arma ao outro e um fogo eterno. O memorial, instalado em 1979, é bem imponente. Na parte de trás deste monumento ha um mirante de onde se tem uma bela vista do rio Tom'. 

Aos lados do mirante existem trilhas que vão dentro de bosques de bétulas e pinheiros. Com sorte você pode encontrar esquilos e às vezes eles podem chegar bem perto de você. Se tiver nozes, avelã ou algum outro tipo de grão, normalmente, eles vêm pegar na sua mão. Prepare a câmera porque você pode conseguir uma bela foto ou um vídeo de um esquilo comendo, correndo ou escalando arvores.

Os caminhos são bem longos e asfaltados (ha alguns sem asfalto também). Essas trilhas te levam para baixo, até o leito do rio. Na descida você pode admirar muito das paisagens naturais do norte do planeta com muitas arvores e arbustos que mudam de cor conforme a estação do ano. É possível até encontrar frutos silvestres, como a oblepikha (облепиха), uma bolinha laranja que contém vitamina C e óleos bons para pele.

Rio Tom' visto do mirante no outono
Chegando lá embaixo, ha alguns lugares onde é possível sentar a beira do rio. Quando eu fui tinha sol, então não morri de frio, mas parece ser um lugar bem frio, principalmente, no inverno. Mas a visão do rio e o silencio apenas quebrado pelo barulho das águas são bastante relaxantes. Às margens do rio é possível ver a ponte que liga as duas partes da cidade. Infelizmente, não dá para navegar nessa parte do rio, porque algumas pedras ficam bem no meio do leito e até é possível vê-las.

É uma ótima opção para os domingos, caso você queira passar um dia na natureza. Dá para passar o dia inteiro andando pelo bosque e ao longo do rio. 

No momento é isso. Dúvidas, comentários, sugestões ou qualquer outra coisa, só escrever aqui embaixo. Até a próxima.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de comentar, é preciso saber que existem algumas regras por aqui:
1 - os comentários sempre são moderados. Se escrever uma vez e parecer que deu erro, não deu não.
2 - se for perguntar algo, verifique se sua pergunta tem a ver com a postagem onde vai comentar. Se não tiver, o comentário será ignorado.
3 - se pensa em pedir alguma ajuda para imigrar para a Rússia (quase todos os dias recebo esse tipo de mensagem), nem perca seu tempo.
4 - seja educado. Afinal de contas, dizer "olá" e "obrigado" não custa nada.
5 - quer dar alguma sugestão para postagem? Inscreva-se no blog primeiro. Assim os dois se ajudam.

Se conseguir observar tudo isso acima (e não é difícil, convenhamos), seu comentário é muito bem-vindo.