sábado, 13 de dezembro de 2014

Como é uma cidade típica russa?

Olá a todos. Sempre falo da Rússia, das cidades, da cultura e tudo mais. Mas, como é uma cidade típica da Rússia? Vou tentar fazer um apanhado geral sobre isso.

Estátua de Lenin em Tomsk
De uma forma geral, as cidades na Rússia apareceram de diversas maneiras. As mais antigas começaram em torno de um forte de pedra chamado kremlin. e foram crescendo. Outras apareceram devido a uma estação de trem, como ao longo da Transiberiana. Isso aconteceu principalmente do meio para o fim do século XIX. Outras tantas apareceram e cresceram nos tempos soviéticos, quando foram instaladas diversas fábricas próximo a cidades pequenas e essas aumentaram muito seu tamanho e importância. A organização é parecida em quase todas elas: ruas compridas e retas, entrelaçadas, quase todas com nomes relacionados à revolução socialista de 1917. Todas as cidades têm ao menos uma praça (muitas vezes também uma rua ou a principal avenida da cidade) em homenagem a Vladimir Lênin. Muitas mantém suas estátuas em homenagem ao grande líder da revolução. Em Tomsk, ela permanece. A principal avenida da cidade se chama Lênin e há uma praça também em sua honra (onde fica a estátua da foto acima).
Vou dividir o tópico por tamanho de cidade. Das maiores para as menores. Assim será mais fácil entender tudo.

A encantadora São Petersburgo
As capitais - Primeiro, vou falar sobre as capitais da Rússia. Elas são Moscou (Москва, atual capital) e São Petersburgo (Санкт-Петербург, antiga capital do país). Moscou tem cerca de 12 milhões de habitantes e Piter (forma "carinhosa" que os moradores da cidade chamam o seu lugar) mais ou menos 5 milhões. Pelos números é possível entender que são cidades gigantescas, as mais importantes da Rússia. São como as grandes cidades brasileiras. Moscou me pareceu bastante com São Paulo. Muito grande, com muito verde e centro cultural e econômico do país. Não apenas eu digo isso: minha esposa, que morou oito anos lá, concorda. Moscou tem uma grande importância histórica, tanto nos tempos do Império Russo, quanto da URSS e também nos tempos atuais. São Petersburgo foi construída a mando do imperador Pedro, o Grande no golfo da Finlândia em 1703. Ele queria tirar a capital da velha Moscou e fazer a Rússia mais próxima da Europa. A escolha do local foi estratégica, pois o imperador queria usar o mar para ligar a capital do país ao resto da Europa. O imperador mandou levantar uma cidade majestosa, com grandes construções, que demonstravam toda a grandeza da cultura russa. Com a chegada dos comunistas ao poder, a capital retornou para Moscou, mas São Petersburgo nunca perde o seu encanto, com diversas atrações. Já estive nas duas e você pode ler a respeito delas clicando nos nomes.

Yekaterinburgo, cidade de grande porte próxima aos Urais, ao anoitecer
Cidades grandes - Afora as duas cidades mencionadas acima, a Rússia possui outras cidades grandes, com mais de um milhão de habitantes. A terceira maior cidade da Rússia é Novosibirsk (Новосибирск), com um pouco mais de um milhão e meio de habitantes. Ao todo são 15 cidades russas nessa condição (entre dois milhões e 700 mil pessoas). Algumas delas são bem desenvolvidas, como a própria Novosibirsk, que conta com um metrô inaugurado em 1986. Elas são relativamente grandes e muitas delas, por serem capitais de grandes aglomerados de pessoas de outras etnias, como Cazã (Казань, capital do Tatarstão, local onde moram muitos tártaros) tem um toque da cultura do povo local. Mas, quando se olha para a cidade, é possível entender que aquele lugar é na Rússia. Muitas pequenas cidades crescem em torno dessas grandes e viram o que se denomina cidades dormitório, já que as oportunidades de trabalho estão nas cidades grandes. Dessas, só estive em Novosibirsk, por enquanto.

Vladivostok, cidade média na fronteira com a Coréia do Norte
Cidades médias - Eu moro em uma cidade média (classifiquei as cidades que têm entre 100 e 700 mil habitantes como médias): Tomsk tem uma população de cerca de 557 mil pessoas. Vivendo aqui pude perceber que a vida é como em uma cidade média do Brasil. Conheço relativamente bem uma cidade ao lado de São Paulo que se chama Santo André, que tem uma população parecida. A vida em Tomsk é mais ou menos como lá, só que mais tranquila. Até mesmo porque não há uma São Paulo próximo de Tomsk para fazer as coisas mais agitadas. No geral são cidades calmas e limpas. Claro que existem suas exceções (ouvi falar muito mal de uma cidade chamada Novokuznetsk, que fica mais ou menos perto daqui e já me disseram para nunca ir lá). Como eu disse antes, essas cidades cresceram em torno de uma fábrica de alguma coisa ou alguma estação de trem. Tomsk conta com diversas universidades e não está atrelada à indústria. A educação sempre foi o foco da cidade. As cidades desse porte que já estive são Veliky Novgorod, RamenskoyeKemerovo, RiazanBarnaul e Kolomna.

Igarka, pequena cidade perdida no meio da Sibéria
Cidades pequenas, vilas e vilarejos - Como na maioria dos países, a maior parte dos lugares na Rússia são pequenas cidades, vilas e vilarejos. Existem diversas classificações de pequenas vilas. A menor de todas é a derevnya (деревня), que é um pequeno amontoado de casas, sem uma igreja central. Um pouco maior que a derevnya é o silô (сeло), pois ele possui uma igreja. Acima do silô está o passyolok (пасёлок), que já possui alguns poucos prédios, um pequeno hospital e coisas assim. É o último estágio antes de virar uma pequena cidade como Bronnitsy, por exemplo, Mesmo com todas essas classificações, elas são pequenas e todos conhecem uns aos outros. Lá a vida é mais lenta e muitos jovens deixam esses lugares e procuram o centro da região ou até mesmo a capital em busca de mais oportunidades de desenvolvimento econômico e cultural. Quando as cidades não estão próximas de uma cidade maior, elas têm poucas oportunidades de trabalho. Normalmente essas pequenas cidades, vilas, vilarejos só têm acesso por avião, helicóptero ou navio, já que não há estradas para o lugar. Não sei se há muito mais o que falar dessas cidades pequenas. No mais, são como as cidades pequenas do Brasil (mais uma vez digo isso). Algumas cidades pequenas em que já estive são Yurga, Zaraisk, Vyborg, para a qual estou preparando uma postagem e a já mencionada Bronnitsy

No geral, todas as cidades, grandes, médias e pequenas têm algo em comum com as suas correspondentes brasileiras. O ritmo de vida, as condições econômicas etc. Também existem as diferenças, como organização, limpeza, segurança etc. 

No momento é isso senhoras e senhores. Se quiser saber algo que não mencionei aqui, é só perguntar nos comentários que eu te digo ok? Até mais!



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de comentar, é preciso saber que existem algumas regras por aqui:
1 - os comentários sempre são moderados. Se escrever uma vez e parecer que deu erro, não deu não.
2 - se for perguntar algo, verifique se sua pergunta tem a ver com a postagem onde vai comentar. Se não tiver, o comentário será ignorado.
3 - se pensa em pedir alguma ajuda para imigrar para a Rússia (quase todos os dias recebo esse tipo de mensagem), nem perca seu tempo.
4 - seja educado. Afinal de contas, dizer "olá" e "obrigado" não custa nada.
5 - quer dar alguma sugestão para postagem? Inscreva-se no blog primeiro. Assim os dois se ajudam.

Se conseguir observar tudo isso acima (e não é difícil, convenhamos), seu comentário é muito bem-vindo.