quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

O Ano Novo na Rússia

Olá! Como hoje é o último dia do ano, não poderia falar sobre outra coisa que não a celebração do Ano Novo na Rússia. Vamos ver o que eles fazem então.

Árvore de Ano Novo e fonte principal da cidade de Tomsk
O Ano Novo é a festa favorita dos russos. Tudo mundo o adora e aguarda ansiosamente. Tanto as crianças quanto os adultos associam o Ano Novo com algo mágico e muito bonito. É a hora de recomeçar e recuperar as energias, porque um novo ano vem aí e junto com ele novas esperanças e novas metas a serem alcançadas. Os russos acreditam que na noite de Ano Novo você deve fazer um desejo enquanto o Kuranty (veja o que é isso abaixo) conta os segundos para o início do ano novo e ele se realizará. Esse é um período bastante aguardado na Rússia também porque os trabalhadores e estudantes têm um mega feriadão que vai desde pelo menos (alguns já param antes) o dia 31 de dezembro até mais ou menos 10 de janeiro. O país fica praticamente parado. Somente serviços fundamentais como segurança, hospitais, alguns mercados, postos de combustível e coisas assim funcionam. Fala-se tanto sobre o período de carnaval no Brasil, mas na Rússia acontece algo parecido. 

Relógio Kuranty, o símbolo do Ano Novo na Rússia
Para falar a verdade, os russos passam o Ano Novo mais ou menos como os brasileiros. Na noite do dia 31 as pessoas se reúnem, alguns com amigos, outros em família, e vão conversando e comendo bastante. Sempre é preparada muita comida. Uma quantidade que dá para comer pelo resto da semana  sem se preocupar em cozinhar mais. Alguns também gostam de tomar umas (muitas) a mais. Quando vai chegando perto da meia noite, as pessoas correm para a frente da TV para assistir ao pronunciamento do presidente, por volta das 23:55. Ouvi dizer que nos tempos soviéticos e até no tempo do Boris Yeltsin, quando o pais passava por uma grande crise, era muito tradicional fazer isso. Hoje em dia, entretanto, muita gente está deixando esse costume de lado, muitas vezes por não aguentar mais ver a cara do atual presidente. Mas, assim que ele termina de falar, é mostrado o relógio principal do Kremlin de Moscou, chamado de Kuranty. As pessoas o veem correndo o último minuto do ano e, quando dá meia noite, uma grande queima de fogos na Praça Vermelha acontece.

Outra coisa em comum é, ao dar meia noite, as pessoas saírem às ruas e dizerem "Feliz Ano Novo!" (С Новый годом!) para qualquer um que está passando. Se você mora próximo ao centro da cidade, provavelmente muita gente irá te cumprimentar. Já no dia 31 é possível encontrar pessoas te desejando um bom ano. Na verdade, antes mesmo do dia 31. Por volta do dia 25 ou 26 de dezembro as pessoas, quando se despedem de colegas de trabalho, de vendedores de lojas ou qualquer outra pessoa com quem você teve algum tipo de boa relação já dizem "C Наступающим!" que significa "ele (o ano novo) está chegando". A resposta pode ser apenas uma repetição do que você disse ou um "И вас также!" (para você também).

O evento que encerra as comemorações no dia de ano novo, lá pelas 4 horas da manhã, é um chá com todos reunidos. Depois disso as pessoas já estão prontas para ir para cama (sim, os russos são viciados em chá).

A nossa mesa de Ano Novo para duas pessoas
No ambiente profissional, as pessoas se reúnem para uma confraternização geralmente patrocinada pelo chefe. No meu caso houve uma reunião da cátedra de línguas estrangeiras no dia 29 de dezembro no qual a diretora falou bastante sobre como foi o ano, agradeceu a todos pela colaboração e pediu para mantermos o empenho para o ano seguinte (todas as coisas de praxe). Depois de tudo isso ela nos levou a uma outra sala onde havia uma mesa bastante carregada de comida. Era para ser apenas um "chazinho de confraternização" (чаепитие), mas eu saí de lá bem cheio e não comemos nem metade de tudo que havia. Tudo para conforma a tradição russa de preparar muito mais comida do que o vai ser servido. Esse чаепитие não acontece apenas nas universidades. Nas escolas os professores o fazem e o dividem com os alunos também. Isso não é como tomar um chá com a família, é um evento social mesmo. Ele ocorre mais entre as pessoas com mais estudo e coisas assim. Entre os populares normalmente em vez de tomar um chá, eles preferem tomar uma, para já ficar daquele jeito (tenho certeza que vocês entendem do que estou falando). :)

Homem produzindo kvass na praça de Tomsk
As cidades são especialmente preparadas para essa grande festa. Aqui em Tomsk muitas esculturas de gelo são feitas com blocos de gelo retirados do rio Tom'. Eles fazem realmente coisas muito bonitas com diversos símbolos relacionados à festa russa. Também são montadas grandes árvores de Ano Novo (sim, não é árvore de Natal) em vários pontos da cidade. Claro que a principal, mais alta e mais iluminada fica na praça central, mas todas são muito bonitas. Em Tomsk até aconteceu um concurso de esculturas de gelo com representantes de várias cidades russas. Eles fizeram diversas estátuas muito bonitas como casas de madeira tradicionais, um trem (provavelmente da Transiberiana) um homem produzindo kvass (uma bebida fermentada bastante tradicional na Rússia) e outras. Algo muito legal. Pena que minhas fotos não ficaram muito boas porque a iluminação desse lugar é bastante para ver bem as esculturas, mas para fotos não é boa. Bom, venham a Tomsk e outras cidades da Sibéria e do norte da Rússia e entenderão do que eu falo. :)

Crianças no khorovod
As crianças também entram nas comemorações em um evento chamado ёлка (yolka). Nele, os meninos são vestidos de coelhos, lobos ou algum outro animal e as meninas de flocos de neve. Eles cantam músicas, leem poemas, dançam ou fazem algum outro tipo de apresentação para os pais. Isso acontece desde o jardim da infância até os primeiros anos da escola. Algumas vezes, principalmente com crianças mais velhas, eles são levados a algum centro cultural da cidade, onde encontram a Snegurka (Снегурка; uma moça, neta do homem que traz presentes para as crianças russas). Ela conversa com as crianças e depois pede para eles fazerem um círculo chamado khorovod (хоровод) e chamar pelo Dyed Moroz (Дед Мороз; o avô da Snegurka). Eles chamam bem alto, gritam, se jogam no chão, coisas assim, dependendo do grau de empolgação das crianças. Depois de algum tempo o Dyed Moroz aparece eles os personagens distribuem presentes e pedem para as crianças declamarem um poema ou cantar alguma música. Geralmente todos (crianças e pais) ficam muito contentes com todas essas coisas.

Feliz ano novo!
É isso por enquanto amigos. Esse ano foi bastante diferente dos meus últimos anos (para melhor) e espero que o próximo ano seja ainda melhor. Não só para mim, mas para todos vocês que acompanham minhas aventuras por aqui. Os posts vão parar por enquanto, porque vou aproveitar um pouco das férias, mas logo (creio que em umas duas semanas) estou de volta. Que você tenha um ótimo 2015 e que você consiga visitar a Rússia e ver um pouco de todas essas coisas tão legais que vejo por aqui. Vou dizer algo que talvez você nunca tenha visto em lugar nenhum: um próspero ano ano para você :D Abraços e até a próxima!



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de comentar, é preciso saber que existem algumas regras por aqui:
1 - os comentários sempre são moderados. Se escrever uma vez e parecer que deu erro, não deu não.
2 - se for perguntar algo, verifique se sua pergunta tem a ver com a postagem onde vai comentar. Se não tiver, o comentário será ignorado.
3 - se pensa em pedir alguma ajuda para imigrar para a Rússia (quase todos os dias recebo esse tipo de mensagem), nem perca seu tempo.
4 - seja educado. Afinal de contas, dizer "olá" e "obrigado" não custa nada.
5 - quer dar alguma sugestão para postagem? Inscreva-se no blog primeiro. Assim os dois se ajudam.

Se conseguir observar tudo isso acima (e não é difícil, convenhamos), seu comentário é muito bem-vindo.