quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

O Natal na Rússia

Aqui estamos mais uma vez. Dessa vez para falar sobre algo que você já cansou de ver por aí, mas que na Rússia acontece de forma muito diferente do Brasil: o Natal. As imagens desse artigos são todas de postais antigos russos, com a temática natalina.

Mas, por que muito diferente? Primeiramente, o Natal não é comemorado no dia 25 de Dezembro como conhecemos. Na Rússia, ele é comemorado também no dia 25 de Dezembro, mas de outro calendário, o calendário Juliano, criado pelo imperador romano Julio César em 46 a.C.. Segundo o nosso calendário atual (calendário Gregoriano), o dia de celebração do Natal na Rússia é 07 de Janeiro. Essa divergência acontece porque, quando o cristianismo se dividiu em católico e ortodoxo, ambos adotavam o calendário juliano. Porém, em 1582, o Papa Gregório XIII promulgou um documento no qual eram corrigidas algumas defasagens de equinócios e solstícios, o que fazia com que o calendário ficasse sempre irregular. Com essa nova versão, o calendário gregoriano foi 13 dias para frente. A Rússia entretanto, continuou usando o calendário juliano, tanto na igreja quanto na vida cotidiana. Entretanto, a Revolução Russa de 1917, que derrubou o imperador e instaurou o regime socialista no país adotou o calendário gregoriano. Na Rússia, somente a igreja ortodoxa continua seguindo o calendário juliano até hoje. 

Por isso, no dia que você estiver lendo esse post e quiser saber a data do calendário juliano, basta retirar 13 dias da data atual. Então, não que os russos não celebram o Natal em 25 de Dezembro, apenas o fazem em um calendário diferente do da maioria dos países. Mas ninguém na Rússia fica pensando em contas nem nada. Apenas sabem que dia 07 de Janeiro é Natal e pronto. Contudo, os russos sabem que os católicos comemoram o Natal neste dia 25/12 e os cumprimentam por isso. Para ocidentais que são casados com cidadãos russos, existe a possibilidade de comemorar o Natal duas vezes, para respeitar as tradições dos dois povos.

Toda essa explicação aí acima significa que o dia 25 de Dezembro é um dia comum na Rússia? Exatamente! Os dias 24 e 25 de Dezembro são dias de trabalho como qualquer outro no país. Geralmente o ano letivo termina no dia 27 ou 28 de Dezembro e nas empresas no dia 30. Depois disso, a maioria das pessoas ganha um mega feriadão até o dia 10 de Janeiro, dentro do qual se celebra o Natal. Somente os serviços essenciais funcionam nesse período. No dia 11 a vida volta ao normal, com as escolas retornando e todos que estavam sem trabalhar nesse feriadão voltando a atividade.

Devido aos anos de socialismo na antiga URSS, que era contra qualquer forma de religião, o Natal na Rússia tem algumas diferenças com o Natal ocidental. Por exemplo, a árvore de Natal é chamada de árvore de Ano Novo, mas que tem a mesma "cara" da árvore natalina. Não existe uma estatística oficial de quantas pessoas comemoram o Natal, mas no "olhômetro", mais ou menos metade da população comemora, a outra metade não. Mesmo os que não comemoram costumam dizer "Feliz Natal" quando encontram alguém que o faz. Outra coisa inexistente no Natal russo é a presença do Papai Noel. Em vez dele, os russos pensam no nascimento de Jesus e esperam o seu retorno. Afinal, é isso que se celebra no Natal, mesmo que muitos já se tenham esquecido disso.

No dia de Natal, os russos geralmente se reúnem em família para conversar e comer. Nesse dia pouco se bebe, afinal, é uma festa religiosa. Tampouco se come muito, como é tradição em festas na Rússia. Os adultos presenteiam as crianças e vice versa, mas com coisas com a temática religiosa, como velas, incenso e outras coisas relacionadas. Se a família é extremamente religiosa, ela vai à igreja nesse dia também. A maioria das pessoas apenas fica em casa mesmo e celebra com a família. Até pouco menos de uma década, poucas pessoas comemoravam o Natal. De uns anos para cá entretanto, as pessoas começaram a pelo menos dizer "Feliz Natal" umas as outras (coisa que não acontecia) e passaram a visitar os parentes que comemoravam essa data (principalmente as avós, que são chamadas de babushka). Então, agora está mais comum ver pessoas celebrando o Natal do que há algum tempo. 

No momento é isso. Qualquer dúvida ou questão, só comentar aqui embaixo que eu te respondo ok? Se você comemora a data, então, um feliz Natal para ti. Se não comemora, espero que as coisas fiquem bem para você da mesma maneira. Até a próxima!

6 comentários:

  1. Como eles chamam o natal? (Termo)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eles chamam de "рождество" (rojdyestvo)

      Excluir
  2. Olá!O serviços de Correios em Moscow no dia 30 à dia 10 de Janeiro funcionam? Pois mandei um presente para ser entregue a minha namorada que é russa e já está na Russia desde do dia 30 de Dezembro.Eles entregam neste período?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá. Não, não funcionam. O correio aqui perto de casa está fechado desde o dia 31 de dezembro.

      Excluir
  3. Ola Luciano,
    Você recomenda ir para a russia entre 1 e 8 de janeiro?
    Estamos com medo de encontrar muitas coisas fechadas nesse período, você sabe me informar como acontece?
    em contra-partida estamos animados com a ideia de passar essa data importante com os russos.
    Obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Eduardo!
      Sim, acho que qualquer época é boa para visitar a Rússia.
      Depende de onde você quer ir e o que você pensa em fazer. Se você for para Moscou e quer visitar museus, por exemplo, é uma boa, eles não estão fechados. Se você quer andar pelas ruas (mesmo que esteja frio na época), também é bom, mas elas vão estar mais cheias que o normal, já que muitos serviços, escolas e outros estão fechados. Mas acho que vale a pena visitar sim, especialmente se você conhece pessoas daqui.
      De nada!

      Excluir

Antes de comentar, é preciso saber que existem algumas regras por aqui:
1 - os comentários sempre são moderados. Se escrever uma vez e parecer que deu erro, não deu não.
2 - se for perguntar algo, verifique se sua pergunta tem a ver com a postagem onde vai comentar. Se não tiver, o comentário será ignorado.
3 - se pensa em pedir alguma ajuda para imigrar para a Rússia (quase todos os dias recebo esse tipo de mensagem), nem perca seu tempo.
4 - seja educado. Afinal de contas, dizer "olá" e "obrigado" não custa nada.
5 - quer dar alguma sugestão para postagem? Inscreva-se no blog primeiro. Assim os dois se ajudam.

Se conseguir observar tudo isso acima (e não é difícil, convenhamos), seu comentário é muito bem-vindo.