domingo, 22 de fevereiro de 2015

Maslenitsa - o Carnaval da Rússia

Olá amigos. Após uma pausa de duas semanas (por conta da volta às aulas), volto para falar sobre uma festa bastante tradicional na Rússia, a Maslenitsa.

Dança típica da época da Maslenitsa
A Maslenitsa (lê-se más-lenitsa, sílaba tônica no "más" e o resto da palavra pronunciado num só fôlego) é o que seria o correspondente do Carnaval no Brasil. É um período que as pessoas podem se esbaldar com excentricidades gastronômicas - popularmente conhecida como "comilança" - das tradicionais panquecas russas chamadas de bliny. As comemorações ocorrem ao longo de uma semana, normalmente em fevereiro, próximo ao fim do inverno. Como acontece com o Carnaval no Brasil, não há uma data fixa para o evento, mas o fim da Maslenitsa sempre acontece em um domingo. O término da Maslenitsa marca também o início do Post, ou a Quaresma (que na igreja ortodoxa dura cinquenta dias, não 40 como para os católicos), que começa na segunda feira (nesse ano será feriado em comemoração ao Dia dos Homens na Rússia). Nesse tempo de Post, os mais devotados não consomem nenhum produto de origem animal, seja carne, ovos, leite ou qualquer coisa assim. Mas, quando perguntei aos meus alunos se também deixavam de usar roupas de couro, de peles de animais etc., eles apenas riram de mim e disseram que não, as restrições são só na mesa mesmo.

A Maslenitsa que foi queimada no rio Tom congelado em 2015
Bom, então se é Carnaval, deve haver desfile de escolas de samba, suor, sacanagem e tudo mais, como vemos no Brasil, certo? Errado! Na Rússia a Maslenitsa se assemelha ao Carnaval europeu. É uma festa itinerante, com as pessoas andando pelo centro da cidade, de barraca em barraca, comendo e bebendo de tudo, mas especialmente os já citados bliny. Aqui em Tomsk minha esposa e eu demos uma volta pelo centro da cidade, onde havia muitas barracas de tudo. Comemos um bliny cada um e um shashlyk, (algo parecido com o nosso churrasco) e andamos bastante. Por todos os lados havia muitas barracas vendendo de tudo, muita gente, como numa feira, crianças correndo para todos lados, alguns animais para fotos e passeios, como um camelo típico da Mongólia, uma rena, pôneis, cavalos etc. Uma coisa que acontece sempre na Maslenitsa é colocar um grande boneco feito de madeira e panos em algum ponto e queima-lo. Esse boneco é chamado Maslenitsa. Em Tomsk eles fizeram isso sobre o rio Tom ainda congelado. Essa ação é como que para "queimar o inverno". Segundo a tradição, se a Maslenitsa queima por completo de uma vez, o inverno já está para temrinar e a primavera e o verão serão quentes e agradáveis. Se não queimar direito, ao contrário, o inverno ainda vai durar mais algum tempo e a primavera não será assim tão quente. E o que houve com a Maslenitsa de Tomsk? Queimou só metade. Então, para a minha felicidade, ainda vamos ter mais uns tempos de frio por aqui. :)

No geral, a festa da Maslenitsa é como em todos os lugares. Um período para diversão de todos. Mesmo que hoje em dia as coisas já sejam diferentes  do passado. Uma colega de trabalho que já tem mais idade disse que nos tempos que os pais dela eram mais jovens, as pessoas iam umas nas casas das outras com roupas estranhas,cantavam, dançavam, comiam, bebiam e depois iam para outra casa para repetir tudo. Naqueles tempos a cidade era menor e as pessoas se conheciam. Hoje, com as pessoas morando em prédios (antes moravam nas casas de madeira) e com a vida corrida das cidades, fica muito difícil ir à casa de alguém para fazer a mesma coisa. Mas algumas pessoas tentam resgatar essas tradições, bem como acontece no Brasil, que alguns tentam trazer de volta os blocos carnavalescos de antigamente.

Por enquanto é só  amigos. Qualquer comentário, só escrever aqui abaixo. Até a próxima!

P.S. Se quiser saber mais sobre a culinária russa, pode ler o blog que minha esposa escreve em português sobre o assunto.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de comentar, é preciso saber que existem algumas regras por aqui:
1 - os comentários sempre são moderados. Se escrever uma vez e parecer que deu erro, não deu não.
2 - se for perguntar algo, verifique se sua pergunta tem a ver com a postagem onde vai comentar. Se não tiver, o comentário será ignorado.
3 - se pensa em pedir alguma ajuda para imigrar para a Rússia (quase todos os dias recebo esse tipo de mensagem), nem perca seu tempo.
4 - seja educado. Afinal de contas, dizer "olá" e "obrigado" não custa nada.
5 - quer dar alguma sugestão para postagem? Inscreva-se no blog primeiro. Assim os dois se ajudam.

Se conseguir observar tudo isso acima (e não é difícil, convenhamos), seu comentário é muito bem-vindo.