sexta-feira, 12 de junho de 2015

12 de junho: o dia da Rússia

Olá amigos! Se no Brasil o 12 de junho é o dia dos namorados, na Rússia ele é o dia da pátria. Vou te contar o que acontece por aqui nesse dia.

Boris Ieltsin, o primeiro presidente da Rússia soberana
O dia 12 de junho é chamado de "Dia da Rússia" (День России). Nesse dia, em 1990, o Primeiro Congresso dos Deputados do Povo da Russia ratificou e adotou a Declaração de Estado Soberano  da República Federativa Socialista Soviética da Rússia (RFSSR). Ou seja, desse dia em diante, a Rússia voltou a ser um estado soberano, mesmo ainda sendo parte da União Soviética. Somente em 24 de agosto de 1991 ela deixou a União e se tornou um estado independente. A partir de 1994 esse dia começou a ser comemorado como o Dia da Declaração do Estado Soberano da Federação Russa. Em 2002 seu nome foi simplificado para Dia da Rússia e se tornou um feriado nacional. A intenção do governo é marcar uma nova fase na história da Rússia, quando ela volta a ser "dona do próprio nariz" e, ao longo dos anos vem dando cada vez mais ênfase nessa comemoração. 

Cartaz sobre o dia da Rússia
No entanto, muitas pessoas confundem esse dia com um dia da independência, mesmo que em nenhum momento isso tenha sido dito na tal declaração. Em uma enquete realizada em 2003, 65% dos entrevistados se referiram a esse dia como "dia da independência", não como "dia da Rússia". Mas há de se convir que é fácil fazer tal confusão. Como é um feriado bastante "jovem", as pessoas ainda não têm uma grande tradição relacionada a ele. E na Rússia, a tradição é importantíssima. Por causa desse equívoco (provavelmente), muitas pessoas simplesmente não consideram esse feriado algo relevante. Outras, que já entendem melhor todo o significado da data, não acham que seria bom ter se declarado um estado soberano e que esse movimento acabou contribuindo com a derrocada da URSS, visto que era seu maior e mais forte estado, alem de líder de facto da União Soviética. Porém, a Rússia apenas seguiu o que acontecia ao seu redor, já que várias repúblicas já estavam se declarando sobreanas dentro na União. 

Show de comemoração do dia da Rússia
Nesse dia ocorrem muitas comemorações pelo país. Muitas atividades culturais, especialmente shows acontecem por todo lugar, com Moscou e São Petersburgo em posição de destaque. Como sempre, é na Praça Vermelha que tem lugar as maiores celebrações e atividades. O presidente discursa exaltando a pátria, além da condecorar pessoas importantes na sociedade, como cientistas, artistas e outros. Tudo isso é encerrado com uma espetacular queima de fogos de artifício. Como é um feriado no verão, muitas pessoas também aproveitam para, em vez de ir para esses lugares com grande concentração de pessoas, ir para o campo ou floresta, para fazer um churrasco e nem se preocupam com todas essas atividades, já que, para eles, esse dia é apenas de descanso e nada mais. Se o feriado cai num fim de semana, ele é "comemorado" (as pessoas têm um dia de folga) na segunda feira seguinte.

Por ora é isso amigos. Se quiserem saber algo sobre o que acontece nesse dia, é só perguntar aqui embaixo. Até a próxima!



4 comentários:

  1. Olá, Luciano!

    É interessante saber mais sobre peculiaridades da política russa. É uma pena que o primeiro presidente deste período tenha sido, segundo até mesmo fontes ocidentais, o pior líder que a Rússia algum dia já teve...

    Mas, fiquei com uma dúvida:

    Você mencionou no post que existe um dia de independência na Rússia. Mas não ficou muito claro para mim o seguinte; o dia da independência é 24 de agosto, correto?
    Mais uma questão; Porque este grande país teria de declarar esta independência, se era dele que as demais Repúblicas soviéticas dependiam? Era a Rússia - e mais precisamente Moscou - o centro político, econômico e militar da inteira URSS, não? Confesso que para mim este conceito ficou um tanto confuso... Afinal, pela lógica, um ente político mais forte pode conceder independência, e não - tecnicamente - pedi-la a outro ente político menor...
    Estranho, mas enfim, como ocidental, ainda tenho muito a aprender sobre o modo russo de pensar...

    Vou ficando por aqui, e mais uma vez perdão pelas perguntas todas e principalmente pela confusão que fiz...

    Grande abraço, meu irmão brazuca!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Kleber!

      Sim, infelizmente o Ieltsin não deixou muitas saudades por aqui. As pessoas na verdade se lembram com bastante vergonha daquele período.

      Quanto a sua dúvida, bom, tecnicamente, a Rússia era apenas uma parte da URSS, mesmo que a liderava de facto. No papel, entre as 15 repúblicas, ela era apenas mais uma, com o mesmo peso da Letônia, Quirguistão, Moldávia etc. Então, essa "independência" (dia que ela deixou a URSS) foi apenas algo político. O país Rússia voltou a existir oficialmente, independente da União Soviética. Mas sim, efetivamente o líder natural da URSS sempre foi a Rússia. E, teoricamente, todos os países eram menores, submetidos a uma força maior, que era a da União Soviética. Mas esse dia 12 de junho foi quando decidiram que a Rússia seria um país independente, fora da URSS, que era uma grande união de países com o mesmo objetivo de construir uma sociedade comunista.

      Espero ter explicado bem. Parece que eu mais enrolei tudo, mas espero que tenha funcionado. Se ainda não foi dessa vez, pode perguntar. Eu tento explicar mais uma vez ))

      Grande abraço desde uma quente Rússia em tempos de verão!

      Excluir
    2. Privet, Luciano!

      Está clareando, mas ainda ficou um pouco obscuro. Se puder e tiver um tempinho extra, eu lhe agradeceria se me explicasse melhor. Mas, é claro, não veja isso como uma obrigação, mas como um favor a um amigo...rs

      Que bom que está podendo aproveitar uma boas férias de verão!!! fico feliz por você, até porque está chovendo a cântaros aqui neste exato momento...

      Bem, por hora é só.

      Большое объятие!

      Excluir
    3. Olá Kleber!

      Bom, A URSS foi formada por iniciativa da Rússia. Ela agregou outros países e todos tinham o mesmo status, de formadores da união. Eram como estados de um país único, chamado União Soviética. Em 12 de junho aprovaram a saída da Rússia, que era a principal formadora da união, mas era apenas mais uma das republicas que formavam o estado. Em 24 de agosto a Rússia saiu da União Soviética, o país que ela tinha criado, digamos assim. Ainda ficaram alguns (acho que o Cazaquistão ou Belarus), que carregavam o nome União Soviética, ams a Rússia estava fora da URSS, mesmo que ainda mandava e atuava com esse nome ainda. Porque quem manda na região mesmo é a Rússia, dado o seu poderio militar. Na verdade esse negócio de independência é algo apenas formal e burocrático, os próprios russos não levam isso a sério.
      Imagine, não se preocupe, posso explicar numa boa.

      Ah, queria que chovesse um pouco por aqui também. O ar anda bem seco ultimamente.

      Se precisar, é só perguntar mais.

      Até mais!

      Luciano

      Excluir

Antes de comentar, é preciso saber que existem algumas regras por aqui:
1 - os comentários sempre são moderados. Se escrever uma vez e parecer que deu erro, não deu não.
2 - se for perguntar algo, verifique se sua pergunta tem a ver com a postagem onde vai comentar. Se não tiver, o comentário será ignorado.
3 - se pensa em pedir alguma ajuda para imigrar para a Rússia (quase todos os dias recebo esse tipo de mensagem), nem perca seu tempo.
4 - seja educado. Afinal de contas, dizer "olá" e "obrigado" não custa nada.
5 - quer dar alguma sugestão para postagem? Inscreva-se no blog primeiro. Assim os dois se ajudam.

Se conseguir observar tudo isso acima (e não é difícil, convenhamos), seu comentário é muito bem-vindo.