domingo, 7 de junho de 2015

O Kremlin de Zaraysk

Olá senhoras e senhores. A cidade de Zaraysk (Зарайск) é bem pequena, mas é muito antiga e tem bastante história. Como uma cidade antiga, tem o seu kremlin (кремль), e eu gosto dessas fortalezas. Vou contar o que vi por lá.

Torre lateral do kremlin
O kremlin de Zaraysk não é tão grande quanto o de Moscou por exemplo, mas até que está bastante conservado. Ele tem três fileiras de muros de tijolos vermelhos bem grossos e os portões da fortaleza estão bem inteiros. Em alguns pontos, a fileira central de tijolos está bem deteriorada e em alguns pontos até faltam tijolos, como se tivesse desmoronado. Já em outros lugares é a parte interna e outros ainda a parte externa está bem derrubada. Entretanto, em alguns pontos os muros estão bem inteiros, quase novos. Ou seja, a conservação está, digamos, entre 65 e 70%, o que é bem razoável para uma construção de quase 900 anos (a cidade foi fundada em 1146). Graças a essas barreiras, a cidade nunca caiu em mãos inimigas, apesar de constantes ataques dos mongois (também chamados de tártaros) a todo o país.

Muros da entrada norte do kremlin
Dentro dele há algumas atrações, como uma lagoinha artificial com pedras e uma pequenina fonte, imitando a nascente de um rio. Casinhas para guardar material de manutenção foram construídas próximo à parede oeste da fortificação. Lá também está uma capelinha em homenagem a um grande herói local, o knyaz Fyodor (князь Фёдор), que encontrou ali com um outro heroi, esse nacional, chamado Dmitry Pojarsky (Дмитрий Пожарский), que foi muito importante para a Rússia nos "tempos de dificuldades" (após a morte de Ivã, o Terrível). Aliás, existem várias referências a esse Pojarsky pelo centro da cidade, como uma estátua próxima a entrada principal do kremlin. Ele também virou nome de rua, uma das principais da cidade, no centro. Tudo pequeno, já que o kremlin não é dos maiores, como disse anteriormente.

Catedral de São Nicolau ao fundo e a maior na frente
Além da capelinha, dentro do kremlin existem duas catedrais, uma mais antiga e que hoje está fechada, chamada catedral de São Nicolau, consagrada em 1681 (a mais antiga da cidade ainda de pé). Ela é branca e tem cinco torres, quatro em dispostas em quadrado e uma mais alta no centro. Todas tem cúpulas são pintadas de preto. As paredes têm umas rachaduras grandes e do jeito que está, se ninguém intervir, pode cair logo. Ao lado dela está uma outra catedral bem grande, pintada de amarelo e com o teto verde e muito bem conservada (acho até que foi reformada recentemente). Ela é encimada por um teto redondo, não por cúpulas em forma de espiral, como é tradicional na Rússia. Ainda não consegui descobrir o nome dessa catedral maior, infelizmente. Nela estava um ícone (imagem da igreja ortodoxa) que viaja pela Rússia e que, no momento, é considerado o mais importante do país. No dia seguinte (29/05) ele embarcaria para Moscou. Junto ao ícone estava um rapaz que explicava várias histórias referentes a ele. Um campanário com sinos está instalado ao lado da catedral maior

Exemplo de casa dos aristocratas de Zaraysk
Está dentro dos domínios do kremlin também um museu da região de Zaraysk, que é bem antiga. Conta a história do lugar do ponto de vista histórico, paleontológico e geológico, semelhante ao museu da região de Tomsk, por exemplo. Ele tem dois andares. O primeiro é mais voltado para a área paleontológica e geológica, com exemplares de ossos de mamute e rinoceronte peludo, animais já extintos há bastante tempo. Há também a parte interativa, que mostra exemplares similares de fósseis encontrados em diversas partes. da Europa. No segundo andar estão várias peças das casas de aristocratas e kupiets (os grandes empresários da época do império) de Zaraysk de séculos passados. Estão lá peças de porcelana, vestuário, móveis e outros. Também estão exemplos de casas dos mujiques (camada mais pobre da população), como um berço e uma maquete de uma casa de mujiques muito antiga, chamada "kurnaya izbá". Ela tinha uma grande janela, mas não tinha chaminé. Ou seja, ela ficava sempre cheia de fumaça de qualquer jeito. Muito interessante tudo que está nesse museu.

A entrada custa 100 rublos. Caso queira tirar fotos, tem que desembolsar mais 70 rublos (no menu aqui do lado direito tem um conversor de moedas).

Por ora é isso amigos. Se quiserem saber algo sobre o kremlin de Zaraysk que eu tenha esquecido de mencionar, só perguntar aqui embaixo ok? Até a próxima!



4 comentários:

  1. As cúpulas dos kremlins lembram as cúpulas das mesquitas árabes. Você sabe se houve alguma influencia mourisca na construção dos kremlins?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não, não tinha essa influencia. Na verdade, os kremlins não têm cúpulas, as igrejas sim.

      Excluir
  2. Grande Luciano! Privet!

    Pelo que pude perceber, os russos são especialistas em defesa justamente porque foram alvo de tantas invasões ao longo de sua história. Li em algum lugar que foram quase quatrocentas ao longo de oito séculos. Incrivel! Provavelmente este é o motivo de cada cidade da Rússia ter o seu kremlin.

    Bom, mas tenho uma pergunta:

    Li também algo sobre o Krepost, que parece ser algum tipo de instalação militar. Mas não ficou muito claro para mim este conceito. Sabe alguma coisa a respeito? E, se sabe, qual a diferença entre um kremlin e um krepost?

    Bem, é isso, meu amigo "brasileiro-russo"!

    Grande abraço! Poka!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá meu caro Kleber! Привет!

      Sim, antes de conseguirem alguma unidade e poderio militar, as cidades tinham que se virar para se defender de tantas invasões. Os kremlins estão em sua maioria na parte europeia (só tem um na Sibéria), já que são cidades mais antigas.

      Quanto a diferença entre kremlin e krepost, o que pudemos achar por aqui é que o kremlin tinha prédios na parte interna dele, de onde se originaram muitas cidades russas modernas. Os krepost eram apenas fortificações (normalmente nas fronteiras) e tinham a função excluusiva de forte militar, para a defesa do território, não tinham em mente a evolução para uma cidade (provavelmente no começo o kremlin também não, mas depois acabou ficanod assim).

      Espero que tenha ficado claro. Se não, é só pergunta rnovamente.

      Grande abraço e mais uma vez obrigado pela visita! Poka!

      Excluir

Antes de comentar, é preciso saber que existem algumas regras por aqui:
1 - os comentários sempre são moderados. Se escrever uma vez e parecer que deu erro, não deu não.
2 - se for perguntar algo, verifique se sua pergunta tem a ver com a postagem onde vai comentar. Se não tiver, o comentário será ignorado.
3 - se pensa em pedir alguma ajuda para imigrar para a Rússia (quase todos os dias recebo esse tipo de mensagem), nem perca seu tempo.
4 - seja educado. Afinal de contas, dizer "olá" e "obrigado" não custa nada.
5 - quer dar alguma sugestão para postagem? Inscreva-se no blog primeiro. Assim os dois se ajudam.

Se conseguir observar tudo isso acima (e não é difícil, convenhamos), seu comentário é muito bem-vindo.