sexta-feira, 1 de abril de 2016

1 de abril: o dia dos tolos na Rússia

Olá senhoras e senhores. Desculpe a demora em postar. Com tanto trabalho às vezes é difícil encontrar tempo para postar por aqui. Então venho para um post rápido, sobre o dia da mentira, ou dia dos tolos na Rússia.

Filme "Dia dos Tolos" de 2014
Na Rússia esse dia é chamado de день дурака (denh duraká - dia dos tolos) ou день смеха (denh smekha - dia da risada). Assim como no Brasil (e na maioria dos países), na Rússia o dia 1 de abril é considerado um dia que você deve enganar alguém. A única exceção que eu conheço é na Espanha, que esse dia é em 28 de dezembro, se não me equivoco. 

A origem desse dia na Rússia está registrada e as pessoas sabem como foi. No dia 1 de abril de 1703 os porta-vozes do governo, chamados глашатай (os homens que gritavam os decretos do tsar na Praça Vermelha e que, a partir desse momento, viravam lei) chamavam as pessoas que passavam por perto e convidavam "vai ter um espetáculo teatral (ou musical, não sei bem) de graça! Entrem e fiquem a vontade". Muita gente entrou e e se sentou esperando pelo espetáculo. Quando a sala já estava apinhada de gente, as cortinas se abriram e foi mostrado um pano no qual estava escrito: Первый апрель - никому не верь! (Pervy apriel' - nikamu nye vyer' - No primeiro de abril não acredite em ninguém). Voltaram os glashatai (глашатай) е disseram "era isso, já podem ir embora". Desde então, e mesmo no sério período soviético, a tradição se mantém. Inclusive essa frase mostrada no pano se perpetuou e as pessoas a usam até hoje com uma pequena mudança: Первое апреля - никому не верю! (Pervoye aprielya - nikamu nye veryu - No primeiro de abril não acredito em ninguém).

Nesse dia as pessoas pregam peças umas nas outras. Algumas fazem brincadeiras leves, tranquilas. Mas, assim, como no Brasil, existem pessoas "sem noção" que exageram na brincadeira. 

Nas minhas pesquisas encontrei um filme de 2014 chamado День Дурака, mas nunca o vi. Portanto, não posso dizer se é bom ou ruim. Você pode tentar assistir e comentar aqui embaixo, se quiser.

"Lembre-se! Em 1° de abril não acredite em ninguém!
No ano passado eu também preguei uma peça nos meus alunos. Eu normalmente falo com eles em um clima mais descontraído. Mas, nesse dia, eu entrei muito sério na sala de aula, pedi-lhes para sentar porque queria lhes dizer uma coisa. Eles ficaram algo apreensivos e obedeceram. E então comecei a dizer que havia brigado feio com vice-decano da faculdade (inclusive disse que quase saímos na porrada) e que aquilo era demais apra mim, inadmissível. Então, eu queria dizer que iria deixá-los e que a direção daria um jeito de encontrar um professor substituto para eles. Por um instante eles ficaram com os olhos arregalados e as duas moças do grupo fizeram uma cara que parecia de choro, mas não  posso dizer que iriam chorar. Depois de um longo minuto, um deles perguntou "Mas... isso é pelo dia dos tolos, não é?" Então eu disse que sim e deu para ver o alívio em seus rostos. Até disseram depois "Ah, eu imaginava que era isso, mas não sei né." e eles disseram que é algo que eles nunca imaginaram, um professor "trolando" os alunos. Nesse ano pensei em fazer algo de novo, mas acabei não fazendo nada com os alunos e eles também não quiseram uma revanche. Melhor assim, eu acho.

Bom, é isso senhoras e senhores. Mais uma vez peço desculpas pela ausência e por algum tempo ainda será assim. Mas aposto que enocntrará coisas interessantes se você der uma olhada nos arquivos do blog. Até a próxima!

2 comentários:

  1. Privet, moy brat!

    Tive de rir quando li sobre a lorota que contou para seus alunos! Muito divertido. Até visualizei suas caras de espanto. Diz aí, nesse dia você "trollou" a Natalia, ou ela você? rs
    Gostei também deste detalhe pitoresco na história da Rússia. É impressionante como os russos preservam sua memória, mesmo em coisas que pareçam - pelo menos a mim - mais prosaicas...
    Bom, sem perguntas. Foi um post leve, interessante(como sempre) e descontraído.

    Grande abraço, guerreiro!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Клебер, привет!

      Sim, realmente foi engraçado. Todos rimos juntos depois e eles fizeram uma cara que não esqueço.
      Não, não nos enganamos nesse ano. Perguntei para os alunos se eles enganaram alguém e dois deles disseram que já o tinham feito (e tivemos aula às 10:30 da manhã).
      Sim, também achei curioso que eles mantenham essa história guardada. Não tenho ideia se há algo assim no Brasil.

      Спасибо и приходите к нам ещё!

      Пока!

      Excluir

Antes de comentar, é preciso saber que existem algumas regras por aqui:
1 - os comentários sempre são moderados. Se escrever uma vez e parecer que deu erro, não deu não.
2 - se for perguntar algo, verifique se sua pergunta tem a ver com a postagem onde vai comentar. Se não tiver, o comentário será ignorado.
3 - se pensa em pedir alguma ajuda para imigrar para a Rússia (quase todos os dias recebo esse tipo de mensagem), nem perca seu tempo.
4 - seja educado. Afinal de contas, dizer "olá" e "obrigado" não custa nada.
5 - quer dar alguma sugestão para postagem? Inscreva-se no blog primeiro. Assim os dois se ajudam.

Se conseguir observar tudo isso acima (e não é difícil, convenhamos), seu comentário é muito bem-vindo.