quinta-feira, 12 de maio de 2016

Algumas superstições russas

superstições russas
Ela diz "O Господи!", que significa "Oh, meu Deus!"
Olá amigos. Já falei anteriormente sobre 8 diferenças entre Brasil e Rússia, mas agora vou falar de algo igual, mas diferente: as superstições dos russos.

Apesar de todo o tempo sob o governo soviético, que não só desencorajava como também combatia, além da religiosidade, as superstições, elas já vem de muitos anos e ninguém já se lembra mais de onde elas podem ter aparecido. Mesmo vivendo em tempos da "verdade científica" ainda há muitas crenças e superstições na mente dos russos. Considero isso uma das coisas que os brasileiros e russos têm mais em comum.

Vou listar abaixo 10 dessas superstições:


01 - Nunca assoviar dentro de casa: os jovens já não se importam mais muito com isso, mesmo que os incomode (por um motivo que "eles não podem explicar"). Nunca assovie na casa de alguém mais velho. Se você fizer isso, a superstição diz que nunca mais você terá dinheiro na vida.

NÃO ASSOVIE!!
02 - Não jogar o lixo fora à noite: segundo a tradição, se você deixar para jogar o lixo fora à noite, você para sempre ficará pobre. Minha sogra sempre brigava com a minha esposa por causa disso quando ela era criança.

03 - Não demonstrar golpes, cortes ou pancadas violentas em si ou nos outros por perto: se você está explicando sobre algo que aconteceu ou uma suposição de algum golpe, enforcamento, tiro qualquer coisa, não demonstre nada disso em você ou no seu interlocutor. Os russos não gostam nem um pouco disso. Se acabar fazendo, é necessário passar a mão sobre o local "atingido" e depois soprar tudo isso pra bem longe (mas claro, não na direção de outra pessoa).

04 - Não se pode comer olhando para um espelho: de acordo com o costume, se você comer enquanto se vê em um espelho ou qualquer coisa que reflita, você retira para sempre a sua possibilidade de ter beleza e saúde. Se não me engano, já ouvi algo parecido no Brasil.

05 - Não passar por cima de alguém que esteja deitado: se alguém (principalmente uma criança) estiver deitada em algum lugar (cama, grama, praia etc.) e você pular por cima dela, ou apenas passar a sua perna por cima para "vencer o obstáculo", ela nunca mais vai crescer. Também acho que temos algo assim no Brasil. Mas, se não me engano, no Brasil, se você pular ou passar de volta, você devolve o dom do crescimento à criança. Na Rússia não. Uma vez que passou, já era.

06 - Não pôr as chaves na mesa: senão você vai brigar com a sua família.

Uma dúzia de rosas? NEM PENSAR!!
07 - Não apertar a mão, abraçar, beijar ou dar alguma coisa na mão de uma pessoa que está do outro lado da soleira da porta: isso, segundo as crenças populares, faz as pessoas brigarem e cortarem relações, já que se coloca uma linha entre elas.

08 - Não se pode pegar flores ou frutas no cemitério: os mortos não gostam disso. Mas acho que isso não é aceito em nenhum lugar.

09 - Nunca dê flores em número par: as pessoas somente dão flores em número par nos funerais. Se vai dar uma flor para alguma mulher (e esse é um bom presente para uma russa), dê sempre um número ímpar. Mesmo que discretamente, elas contam. E se tiver um número par (12, 24, 76, 98...) ela se sentirá muito mal e ficará decepcionada contigo. Na verdade a pessoa pode pensar que você quer que ela morra.


10 - Uma mulher solteira não pode sentar na esquina da mesa: senão, ela nunca vai se casar.

É isso por enquanto amigos. Existem mais superstições russas que não couberam aqui (a lista ficaria enorme). Se quiser saber algo mais, só deixar o comentário auqi embaixo e não se esqueça de se inscrever no blog para receber as atualizações. Até a próxima!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de comentar, é preciso saber que existem algumas regras por aqui:
1 - os comentários sempre são moderados. Se escrever uma vez e parecer que deu erro, não deu não.
2 - se for perguntar algo, verifique se sua pergunta tem a ver com a postagem onde vai comentar. Se não tiver, o comentário será ignorado.
3 - se pensa em pedir alguma ajuda para imigrar para a Rússia (quase todos os dias recebo esse tipo de mensagem), nem perca seu tempo.
4 - seja educado. Afinal de contas, dizer "olá" e "obrigado" não custa nada.
5 - quer dar alguma sugestão para postagem? Inscreva-se no blog primeiro. Assim os dois se ajudam.

Se conseguir observar tudo isso acima (e não é difícil, convenhamos), seu comentário é muito bem-vindo.