sexta-feira, 1 de julho de 2016

Como e quais são os documentos dos russos

Carteira de motorista russa ligeiramente alterada e explicada
Olá você que me acompanha sempre ou caiu aqui por acidente. Falarei para você hoje sobre quais e como são os documebtos que o russo médio possui para ser considerado um cidadão em pleno exercício de seus direitos legais garantidos pela constituição da Federação Russa.

Alguns documentos são exatamente os mesmos que temos no Brasil ou em qualquer outro lugar, embora com formato e lay out diferentes. Alguns deles são certidão de nascimento, carteira de motorista, cpf, passaporte para viagens internacionais etc. Entretanto, há alguns documentos que podem parecer algo estranhos a um brasileiro comum. Na verdade eu diria que os mais diferentes são passaporte interno e a carteira de trabalho. Vamos a eles então.

Passaportes russos. Interno (esq.) e internacional (dir.)
Passaporte interno - se no Brasil usamos o RG que contém os dados básicos da pessoa, os russos têm um passaporte interno. Ele se parece com o passaporte internacional, com o brasão do país na capa e letras em dourado. Mas o passaporte interno tem a capa bordô, quase marrom clara, que vai ficando quase preta com o passar dos anos. Nele estão a foto e dados da pessoa, como no nosso RG. Além dessas informações há outras coisas como estado civil e o endereço onde ela está registrada. Por isso meus alunos (e todos os outros russos) não entendem nada quando aparece um "comprovante de endereço" em alguma atividade que fazemos nas aulas, já que não pode haver prova maior do endereço de alguém do que o que está no seu documento mais importante. Os russos tiram seu primeiro passaporte aos 14 anos. Antes disso eles usam a certidão de nascimento. Depois trocam o passaporte aos 25 anos e depois trocam pela última vez aos 45. Exceto nesses períodos, a pessoa permanece com o mesmo passaporte. As mulheres podem trocar a qualquer momento que se casem e troquem de sobrenome. Se a pessoa vai morar em outra cidade, ela mudará de endereço. Nesse caso ela não troca de passaporte, apenas muda seu local de registro.

Carteira de trabalho russa e sua primeira página
Carteira de trabalho - carteira de trabalho dos russos também tem a capa azul, mas em vez da cor escura e plastificada, ela pode ser azul clara ou azul escura e a capa é de um papel mais grosso, parecido com uma cartolina sem revestimento plástico. Em russo ela se chama Трудовая книжка (Trudovaya knijka - livrinho de trabalho). O mais incrível é que você não precisa ir a uma repartição oficial para obter uma. Você a compra nas bancas de jornais. Isso mesmo, nas bancas de jornais você compra uma. E qualquer um pode comprar. Pode até ser um suvenir, por que não? Por dentro ela é mais resumida que a CTPS brasileira e o seu empregador fica com ela por todo o período que você trabalha para ele. Você só torna a vê-la no momento que sai do trabalho e assina os papéis de desligamento da empresa. 

O CPF de um russo
Título de eleitor - os russos não têm um título de eleitor propriamente dito. Eles já sabem onde devem ir votar e no dia das eleições eles se dirigem a esse local (que, como no Brasil, pode ser uma escola ou uma universidade) e mostram seu passaporte. Lá eles recebem um papel comprovando que eles estiveram lá e votaram, como no Brasil. O voto não é obrigatório na Rússia, então, não há multa caso a pessoa não compareça às urnas. Esse é um dos documentos que os russos menos entendem para que serve quando lhes digo como ele é e que no Brasil, se você levar apenas o seu título de eleitor, sem documento com foto, você não vota. Ao passo que, se levar apenas um documento com foto e não levar o título, vota sem problemas. Na verdade eu também não entendo bem para que ele serve (na verdade sei: só para te atrapalhar, caso você não o tenha).

Cartão da previdência - o cartão de previdência russo é um cartão de papel e que pode ser plastificado, como era o antigo CIC (lembra?). Até a cor é meio parecida, um pouco cinza e esverdeada. Em russo ele se chama пенсионное страхование (pensionnoye strakhovannye - seguro de previdência). Esse cartão contém o seu número de previdência e é importante para a sua aposentadoria (que como no Brasil, vai mal das pernas).

E esse é o cartão de previdência
CPF - o CPF russo, que se chama ИНН - Индивидуальный номер налогоплательщика (INN - individualny nomer nalogoplatelshchika - número individual do contribuinte) é bem diferente do braisleiro. É uma folha de papel A4 com um monte de informações. Quando mostro o CPF brasileiro as pessoas dizem "que interessante, o nosso deveria ser assim também". Ele serve para você conseguir pargar alguns impostos. E só. Talvez por isso tenho a impressão que ele tenha um importância um pouco menor comparado com outros.

Bom, por ora é isso amigos. Se tiver alguma pergunta sobre os documetnos dos russos, pode perguntar. Vou fazer o melhor para responder. Até a próxima!

9 comentários:

  1. Olá Luciano, tudo bom.
    Sabe dizer se é possível utilizar a CNH brasileira para alugar um veículo? Precisaria da carteira internacional?

    Abcs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Josenildo!
      Bom, sim, precisa de carteira internacional para alugar um carro.
      Abraço!

      Excluir
  2. Olá Luciano,,,meu nome é Everaldo eu estou muito interessado em ir morar em vichuga ,,,mas tenho várias dúvidas ???? Como faço pra trocar a moeda Real por rublo,,e 10 mil reais e pouco para viajar ,,e quanto vc acha que devo levar ou pode levar em dinheiro....Consigo tirar minha habilitação aí na Rússia.... Obrigado ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Everaldo!
      Trocar real por rublo acho difícil. Você pode colocar todo o seu dinheiro em um cartão e sacar ele aqui ou trocar primeiro por dólares ou euros (no Brasil) e depois trocar por rublos (aqui na Rússia). 10 mil pode ser um bom dinheiro se você vai ficar só uns dias ou um mês como turista. Para morar não vai ser o bastante. E não sei se você vai conseguir tirar a carteira de motorista aqui porque você precisa ter os documentos russos para tirá-la. De nada.

      Excluir
    2. Olá Luciano!!!Você acha que fácil um brasileiro arrumar emprego,,e tirar os documentos aí na Rússia,,,e você sabe como eu faço pra ligar do Brasil para vichuga,,,, não sei se você conhece esta cidade,,,porque eu sei que o código é 7 ,mas eu não sei o DDD,espero que você possa me ajudar,e você acha que uns 10ou 15 mil reais dá pra alugar um quarto e ficar uns meses ....

      Excluir
    3. Olá Everaldo.
      Bom, fácil não é, para ser franco. Para os russos já tá difícil encontrar trabalho, para estrangeiros então, ainda mais. A não ser que você seja algum profissional que eles procurem e precisem muito por aqui e que não tenham muitos disponíveis. Não conheço essa cidade, nunca ouvi falar na verdade. Numa pesquisa rápida encontrei que o código da cidade é 49354, mas não posso garantir que esteja certo. E depende de quanto tempo você queira ficar. Pode ser o bastante para uns dois ou três meses, economizando. Não muito mais do que isso.

      Excluir
    4. Everaldo, Vichuga é como se fosse uma vila (mesnos de 35 000 pessoas) num dos estados menos desenvolvidos da Rússia. Acho que não preciso adicionar nada mais para você entender quais perspectivas há para um estrangeiro morar naquele lugar.

      Excluir
  3. Obrigado,,por tudo ,,,tenha certeza que você me ajudou muito,, Obrigado...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, eu não vou publicar o seu comentário porque ele tem algumas informações sensíveis, mas pense bem. Isso tudo que você escreveu parece muito estranho. Analise tudo com calma, informe-se e tente contato novamente por um outro método. Eu não acho que esse seja o mais indicado, além de achar tudo muito estranho. Tome muito cuidado com a internet jovem. Não faça grandes loucuras antes de ter certeza absoluta sobre elas.

      Excluir

Antes de comentar, é preciso saber que existem algumas regras por aqui:
1 - os comentários sempre são moderados. Se escrever uma vez e parecer que deu erro, não deu não.
2 - se for perguntar algo, verifique se sua pergunta tem a ver com a postagem onde vai comentar. Se não tiver, o comentário será ignorado.
3 - se pensa em pedir alguma ajuda para imigrar para a Rússia (quase todos os dias recebo esse tipo de mensagem), nem perca seu tempo.
4 - seja educado. Afinal de contas, dizer "olá" e "obrigado" não custa nada.
5 - quer dar alguma sugestão para postagem? Inscreva-se no blog primeiro. Assim os dois se ajudam.

Se conseguir observar tudo isso acima (e não é difícil, convenhamos), seu comentário é muito bem-vindo.