sexta-feira, 18 de novembro de 2016

O Museu Histórico Estatal em Moscou

Amigos, olá! Logo no segundo dia de 2016 visitamos o Museu Histórico Estatal, em Moscou. Ele é muito grande e interessante. Olha só um pouco do que encontramos por lá.

Portão de entrada do museu
O Museu Histórico Estatal fica, como você já percebeu, em Moscou. É o primeiro prédio que você vê quando sai do metrô na estação Okhotny Ryad e olha para a Praça Vermelha, bem ao lado do Kremlin de Moscou. O endereço dele é Praça Vermelha, número 1, talvez o mais emblemático da Rússia. Ele é um prédio vermelho e alto, mas de fora parece menor do que é por dentro. O prédio aliás, foi a primeira sede da Universidade Estatal de Moscou e, provavelmente, foi lá que criaram a letra Ë, em uma reunião da Academia de Ciências da Rússia. Quando você sai do metrô e caminha em direção ao museu, sua entrada fica do lado esquerdo, passando pelos grandes portões de entrada da praça. A entrada inclusive fica em frente a catedral de Kazan. Este é o museu mais importante da Rússia, na minha opinião. Existe o Hermitage em São Petersburgo, que é muito famoso e possui um acervo maior que este museu, mas em importância de peças, eu acredito que esse museu é mais representativo. Claro que ele é uma parada obrigatória para quem visita a capital russa.

O grande Museu Histórico Estatal
Falando sobre o museu, ele é muito grande e possui muitas salas, corredores, escadas etc. É muito difícil (para não dizer impossível) descrever tudo que você vai ver por lá, mas você vai ver um acervo muito abrangente da história russa, desde os tempos pré-históricos até os últimos momentos da URSS e também algo da Rússia moderna. Existem desde peças muito pequenas e rudimentares, feitas de pedra e madeira a outras grandes em metal e porcelana. Tudo muito legal. E não estão presentes apenas peças encontradas na Rússia, mas também em regiões vizinhas e que hoje conformam outros países, como Armênia, Azerbaijão, Geórgia, Cazaquistão e outros mais que um dia fizeram parte do território russo. Claro que nem tudo está em perfeito estado, alguns estão bem deteriorados para falar a verdade. Ainda assim acho que vale a pena dar uma olhada em tudo por lá.

Uma das raras fotos que ficaram boas da parte interna do museu
Algumas das coisas que mais me chamaram a atenção foi uma caixa retangular branca, creio que feita de mármore e que foi encontrada no sul da Rússia, na região de Krasnodar. Pelo que entendi ela era uma espécie de urna funerária onde eram depositados os corpos de pessoas importantes que faleciam à época, nos primórdios da civilização naquela região. Você também encontra lá alguns exemplares de armaduras e armas antigas, usadas em diversas guerras, até nas de conquista da Sibéria no século XVI. Além deles, você vê alguns instrumentos ainda mais antigos, feitos de madeira e pedra, esse sim acho que são dá época das primeiros assentamentos humanos no território russo, muitos séculos antes da era Cristã. Vemos também alguns exemplos de joalheria, com peças de ouro e pedras preciosas. Infelizmente o lugar não é favorável para fotos, elas saem sempre borradas e desfocadas, por isso, não dá para colocar muita coisa por aqui. Você precisará ir até lá para conferir tudo isso que estou tentando descrever aqui.

Maçanetas antigas de formato curioso e sugestivo
Uma última curiosidade é que o Museu Histórico Estatal faz parte de um circuito histórico da região central que inclui também a Basílica de São Basílio e do casarão dos boiardos Romanov que fica bem pertinho da Praça Vermelha. Se você conseguir visitar os três no mesmo dia, você se sentirá feliz e cansado, já que os museus são grandes e eles são algo caros para todos de uma vez. Mas você pode vê-los separadamente também. Não há uma ordem específica para visitá-los, mas eles de certa forma se complementam.

Por ora é tudo pessoal. Se tiverem algum comentário a fazer a respeito do museu, é só escrever aqui embaixo. Se quiserem falar de outra coisa, é só dar uma olhada em outro post porque possivelmente já falei sobre o que você quer saber. Até a próxima!

Informações úteis:
Horário de funcionamento: de sexta à quarta, das 10:00 às 19:00. Quinta feira: das 11:00 às 20:00
Como chegar: desça na estação de metrô Okhotny Ryad (Охотный Ряд) da linha vermelha, Ploschad' Revolutsii (Площадь Революции) da linha turquesa ou Teatral'naya (Театральная) da linha verde escuro. Todas elas na verdade são mais ou menos a mesma estação, mas com saídas para lugares diferentes. Saindo delas, dirija-se à Praça Vermelha (é possível vê-la saindo de todas as estações mencionadas). O museu é um prédio vermelho alto e está bem ao lado dos portões de entrada da Praça Vermelha (mais perto das estações Okhotny Ryad e Teatral'naya portanto).
Preço: 350 rublos.

2 comentários:

  1. Respostas
    1. Olá! Que bom que gostou, os lugares são legais mesmo.
      Obrigado por seguir, mas não participo dessa coisa de troca de inscrições.
      Espero que permaneça mesmo depois disso.

      Excluir

Antes de comentar, é preciso saber que existem algumas regras por aqui:
1 - os comentários sempre são moderados. Se escrever uma vez e parecer que deu erro, não deu não.
2 - se for perguntar algo, verifique se sua pergunta tem a ver com a postagem onde vai comentar. Se não tiver, o comentário será ignorado.
3 - se pensa em pedir alguma ajuda para imigrar para a Rússia (quase todos os dias recebo esse tipo de mensagem), nem perca seu tempo.
4 - seja educado. Afinal de contas, dizer "olá" e "obrigado" não custa nada.
5 - quer dar alguma sugestão para postagem? Inscreva-se no blog primeiro. Assim os dois se ajudam.

Se conseguir observar tudo isso acima (e não é difícil, convenhamos), seu comentário é muito bem-vindo.