segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Linha do tempo da Rússia

Olá! Bom, essa é uma "pequena" linha do tempo da história da Rússia. Como na minha grande postagem sobre a Rússia não falei apropriadamente sobre a história, espero que isso sirva para remediar um pouco a situação. Usei como base uma linha do tempo em russo que encontrei por acaso na universidade. E agradeço aos alunos do segundo ano de português pela ajuda na tradução. Apertem os cintos e vamos viajar de volta no tempo.

Askold e Dir (fonte)
Século IX
862 - "Convocação" dos varegues por Novgorod.
  ↓  
862 ⇶ 879 - reinado de knyaz Rurik (Рюрик) em Novgorod e início da dinastia ruríquida.
  ↓  
863 - Criação do alfabeto para os eslavos (cirílico) pelos monges Cirilo e Metódio.
  ↓  
864 - Usurpação de Kiev por Askold e Dir.
  ↓  
879 ⇶ 912 - reinado de knyaz Oleg (Олег) em Novgorod e Kiev.


Vladimir e Olga, hoje santos (fonte)
Século X
907 - Ofensiva da druzhina do knyaz Oleg contra Bizâncio.
  ↓  
912 ⇶ 945 - reinado do knyaz Igor (Игорь) de Novgorod e Kiev
  ↓  
945 ⇶ 957 - reinado da knyaginya Olga (Ольга) de Kiev
  ↓  
957 - Adoção do cristianismo pela knyaguinya (princesa) Olga
  ↓  
957 ⇶ 972 - reinado dо knyaz Svyatoslav (Святослав), o grande de Kiev
  ↓  
965 - Derrota dos povos Khazars pelo knyaz Svyatoslav
  ↓  
980 ⇶ 1015 - reinado de Vladimir I de Kiev (Владимир I)


Russkaya Pravda (fonte)
Século XI
1016 - a primeira edição do "Russkaya Pravda" (a primeira constituição russa de facto) é lançada.
  ↓
1019 ⇶ 1054 - reinado do knyaz Yaroslav, o Sábio (Ярослав Мудрый)
  ↓
1051 - eleição do primeiro Metropolita (líder da igreja ortodoxa russa) Hilarion
  ↓
1078 ⇶ 1093 - reinado do knyaz Vsevolod I de Kiev (Всеволод I)
  ↓
1097 - Conselho de príncipes de Liubech, no qual ficou definido que cada cidade cuidaria de si mesma.


Século XII
Andrei Bogoliubsky (fonte)
1108 - Fundação de Vladimir-na-Klyazm
  ↓
1113 ⇶ 1125 - reinado de Vladimir II Monômaco (Владимир Мономах)
  ↓
1116 - criação da Crônica de Nestor
  ↓
1136 - separação de Novgorod e Kiev
  ↓
1147 - primeira menção a Moscou nos registros históricos.
  ↓
1149 ⇶ 1150; 1155 ⇶ 1157 - reinado do knyaz Jorge I, o Grande (Юрий Долгоруки) de Kiev.
  ↓
1157 ⇶ 1174 - reinado do knyaz Andrei Bogoliubski (Андрей Боголюбский) de Vladimir-Súzdal
  ↓
1169 - transformação de Vladimir no centro do reino e metrópole
  ↓
1176 ⇶ 1212 - reinado do knyaz Vsevolod III (Всеволод III) de Vladimir-Súzdal


Século XIII 
Inícios do século - ascensão do principado de Moscou
  ↓
Batalha do lago Peipus/Tchudskoe (fonte)
1223 - invasão mongol da Rússia: Batalha do rio Kalka
  ↓
1237 - criação da Ordem Livoniana católica.
  ↓
1237 - primeira campanha de Khan Batiy na Rússia.
  ↓
1240 - queda de Kiev.
  ↓
1240, 15 de julho - vitória sobre os suecos na batalha do Neva.
  ↓
1242, 5 de abril - batalha do Lago Peipus/Tchudskoe, vitória de Alexander Nievsky (Александр Невски) sobre cavaleiros alemães.
  ↓
1252 ⇶ 1263 - reinado de Alexander Yaroslavitch Nievsky, grande knyaz de Vladimir.
  ↓
1257 ⇶ 1259 - censo populacional russo realizado pelos mongóis.
  ↓
1277 ⇶ 1303 - reinado de Daniil Aleksandrovitch (Даниил Александрович), knyaz de Moscou e Pereyaslav.


Século XIV
Dmitri Donskoy na batalha de Kulikovo (fonte)
1300 - transferência da metrópole para Vladimir.
  ↓
1325 ⇶ 1340 - reinado de Ivan I (Иван I), knyaz de Moscou.
  ↓
1328 - transferência da metrópole para Moscou.
  ↓
1359 ⇶ 1389 - reinado de Dmitry Ivanovitch Donskoi (Дмитрий Иванович Донской), grande knyaz de Moscou.
  ↓
1362 - entrada de Vladimir para o principado da Moscóvia.
  ↓
1375 - renúncia de Tver às pretensões ao grande reinado sobre a Rússia.
  ↓
1378 - vitória dos russos sobre os mongóis no rio Voja.
  ↓
1380, 8 de setembro - batalha de Kulikovo.
  ↓
1389 ⇶ 1425 - reinado de Basílio I (Василий I), grande knyaz de Vladimir e Moscou.


Século XV
Basílio II, o Cego (fonte)
1425 ⇶ 1462 - reinado de Basílio II (Василий II), o Cego, grande knyaz de Moscou.
  ↓
1438 - criação do Canato de Cazã.
  ↓
1448 - rompimento da Igreja Russa com a Igreja Bizantina.
  ↓
1453 - queda de Império Bizantino.
  ↓
1462 ⇶ 1505 - reinado de Ivan III (Иван III), grande knyaz de Moscou.
  ↓
1472 - casamento de Ivan III com Sofia Paleolog.
  ↓
1478 - tomada de Novgorod pelo principado da Moscóvia.
  ↓
1480 - "estacionamento no rio Ugra", fim do pagamento de tributo aos mongóis.


Século XVI
Ivã e a captura de Cazã (fonte)
1505 ⇶ 1533 - reinado de knyaz Basílio III (Василий III), o Grande de Moscou.
  ↓
1521 - unificação dos territórios russos em torno de Moscou
  ↓
1533 ⇶ 1584 - reinado de Ivã IV, o Terrível (Иван IV Грозный)
  ↓
1547 - coroação de Iva IV, o Terrível como "czar de todas as Rússias" (unificação de todas as cidades russas daquele momento).
  ↓
1552 - captura de Cazã
  ↓
1558 ⇶ 1583 - Guerra da Livônia
  ↓
1561 - derrota da Ordem Livoniana
  ↓
1564 - edição de Atos dos apóstolos por Ivã Fedorov
  ↓
1565 ⇶ 1572 - Opríchnina (Опричнина)
  ↓
1584 ⇶ 1598 - reinado do czar Teodoro I (Фёдор I)
  ↓
1589 - instituição do patriarcado russo e reconhecimento da Igreja Ortodoxa Russa como autêntica.
  ↓
1591 - morte do príncipe Dmitri em Uglitch
  ↓
1598 - morte do czar Teodoro I. Dissolução da dinastia ruríquida
  ↓
1598 ⇶ 1605 - reinado de Boris Godunov (Борис Годунов)


Século XVII
Dmitri I, o Falso (só existem retratos horríveis dele) (fonte)
1604, outubro - invasão de Dmitri I, o Falso (Лжедмитрий I)
  ↓
1605 ⇶ 1606 - reinado de Dmitri I, o Falso
  ↓
1606 ⇶ 1610 - reinado do czar Basílio IV (Василий IV)
  ↓
1607 - 1610 - ações dos pelotões de Dmitri II, o Falso (Лжедмитрий II)
  ↓
1609 - concessões de Basílio IV à Suécia para ter algum apoio para não ser deposto.
  ↓
1609 - intervenção da Polônia (na Rússia).
  ↓
1610, julho - derrubada de Basílio IV. Período dos sete boyardos
  ↓
1611, março - criação do primeiro Opolchenie (milícia popular)
  ↓
1611, outubro - a captação de recursos para o segundo opolchenie é iniciada em Níjni Novgorod
  ↓
1612, 17 de fevereiro - morte do patriarca Hermógenes (Гермоген) em custódia
  ↓
1612, 4 de novembro - Derrota e expulsão das tropas poloneses de Moscou
  ↓
Patriarca Nikon (fonte)
1613, fevereiro - Zemski sobor (primeiro parlamento russo) elege Mikhail Romanov para o trono russo.
  ↓
1613 ⇶ 1645 - Reinado do czar Mikhail I (Михаил I).
  ↓
1617 - Tratado de Stolbovo com a Suécia.
  ↓
1618 - Trégua de Deulino com os poloneses (polacos).
  ↓
1643-1651 - Os russos alcançaram o oceano Pacífico.
  ↓
1645 ⇶ 1676 - Reinado do czar Aleksei (Алексей).
  ↓
1652 ⇉ 1666 - Patriarcado de Nikon (Никон), quando foram introduzidas algumas reformas na igreja.
  ↓
1654 - Tratado de Pereyaslav, aquisição da Ucrânia.
  ↓
1676 ⇶ 1682 - Reinado do czar Feodor Alekseevitch (Фёдор Алексеевич).
  ↓
1682 ⇶ 1696 - Reinado dos czares Ivan Alekseevitch (Иван Алексеевич) e Piotr Alekseevitch (Пётр Алексеевич).
  ↓
1682 - Revolta dos Streltsi em Moscou.
  ↓
1687 - Fundação da Academia Eslavo-Greco-Latina.
  ↓
1696 ⇶ 1725 - Reinado do czar Pedro, o Grande (Пётр Великий).


Século XVIII
Pedro, O Grande (fonte)
1700, 1 de janeiro - a Rússia adota a era Anno Domini em detrimento do Anno Mundi, era do Império Bizantino.
  ↓
1700⇶ 1721 - Grande Guerra do Norte: os russos batem os suecos..
  ↓
1703, 16 de maio - Fundação de São-Petersburgo.
  ↓
1709, 27 de junho - Vitória na Batalha de Poltava.
  ↓
1714, 27 de junho - Vitória na Batalha de Gangut.
  ↓
1721 - Abolição de patriarcado, estabelecimento do Santo Sínodo.
  ↓
1722 - Promulgação da Tabela de Patentes.
  ↓
1722 - Decreto sobre a ordem de sucessão.
  ↓
1725 ⇶ 1727 - Reinado da imperatriz Catarina I (Екатерина I).
  ↓
1727 ⇶ 1730 - Reinado do czar Pedro II (Пётр II).
  ↓
1730 ⇶ 1740 - Reinado da imperatriz Ana (Анна).
  ↓
1732 - Descoberta e aquisição do Alasca.
  ↓
Catarina II, a Grande (fonte)
1741 ⇶ 1761 - Reinado da imperatriz Isabel (Елизавета).
  ↓
1755 - Fundação da Universidade de Moscou.
  ↓
1756 ⇶ 1763 - Participação da Rússia na Guerra dos Sete Anos
  ↓
1761 ⇶ 1762 - Reinado do imperador Pedro III (Пётр III)
  ↓
1762 - Decreto sobre a secularização das terras da Igreja
  ↓
1762, 28 de junho - Golpe do palácio
  ↓
1762 ⇶ 1796 - reinado da imperatriz Catarina II, a Grande (Екатерина Великая).
  ↓
1770, 26 de junho - derrota da marinha turca na batalha de Chesmen.
  ↓
1773 - 1775 - rebelião sob a liderança de Pugachev.
  ↓
1783 - Incorporação da Crimeia e Kuban à Rússia.
  ↓
1785 - Decreto sobres os direitos, liberdades, vontades e privilégios da nobreza russa.
  ↓
1796 ⇶ 1801 - reinado do imperador Pavel I (Павел I).


Século XIX
Alexander I vs. Napoleão (fonte)
1801 - começo de conquista de Cáucaso.
  ↓
1801, 11 de março - sublevação, imperador Pavel I é assassinado..
  ↓
1801 ⇶ 1825 - reinado do imperador Alexander I (Александр I).
  ↓
1805, 20 de novembro - batalha de Austerlitz.
  ↓
1810 - Incorporação da Abecázia à Rússia.
  ↓
1812, 24 de junho - entrada do exército de Napoleão na Rússia.
  ↓
1812, 26 de agosto - Batalha de Borodino.
  ↓
1812, 26 de dezembro - expulsão dos franceses da Rússia.
  ↓
1813, 16-19 de outubro - derrota dos franceses na batalha de Leipzig.
  ↓
1814, 18 de março - entrada o exército russo em Paris.
  ↓
1815, junho - fim do congresso da Viena.
  ↓
Revolta dos decembristas no Ural (fonte)
1816 - 1819 - emancipação dos servos em Pribaltica.
  ↓
1816 - 1821 - criação de algumas sociedades secretas.
  ↓
1822 - proibição das sociedades secretas.
  ↓
1825, novembro - morte do imperador Alexander I.
  ↓
1825, 14 de dezembro - Revolta dos Dezembristas (militares que não apoiavam a coroação de Nicolau I após a abdicação de seu irmão Konstantin).
  ↓
1825 ⇶ 1855 - reinado do imperador Nicolau I (Николай I).
  ↓
1830 - promulgação do código de leis do Império Russo.
  ↓
Nicolau II (fonte)
1855 ⇶ 1881 - reinado do imperador Alexander II (Александр II).
  ↓
1861, 19 de fevereiro - Emancipação dos Servos.
  ↓
1864 - 1885 - conquista de Ásia Central.
  ↓
1877 - 1878 - Guerra russo-turca.
  ↓
1878 - 1888 - construção de Universidade Estatal de Tomsk.
  ↓
1881, 1 março - assasinato do imperador Alexandre II.
  ↓
1881 ⇶ 1894 - reinado do imperador Alexandre III (Александр III).
  ↓
1891 - 1902 - construção da ferrovia Transiberiana.
  ↓
1894 ⇶ 1917 - reinado do imperador Nicolau II (Николай II), o último imperador russo.
  ↓
1897 - primeiro censo demográfico realizado pelo governo russo.


Século XX
Revolução de 1905 (fonte)
1904, 27 de janeiro - começа da guerra Russo-Japonesa.
  ↓
1905 - 1907 - crise revolucionária na Rússia.
  ↓
1905, 23 de agosto - Tratado de Portsmouth (EUA) encerra a Guerra Russo-Japonesa.
  ↓
1905, 17 de outubro - manifesto de 17 de outubro.
  ↓
1906, 27 de abril-08 de julho - primeira Duma Federal.
  ↓
1906 - começo de reforma agrária de Stolypin.
  ↓
1911, 1 de setembro - assasinato de Stolypin em Kiev.
  ↓
1913 - Festa de 300 anos da casa Romanov.
  ↓
1914, 19 de julho (1 de agosto no calendário juliano) - começa da Primeira Guerra Mundial.
  ↓
1917, 23 de fevereiro-02 de março - Revolução de Fevereiro.
  ↓
"Rússia Perdida", livro de A. Kerensky (fonte)
1917, 27 de fevereiro - criação do Soviete de Deputados Operários e Soldados de Petrogrado.
  ↓
1917, 27 de fevereiro - criação do Comitê provisiório da Duma Federal.
  ↓
1917, 2 de março - criação do primeiro Governo Temporário comandado pelo Príncipe Lvov.
  ↓
1917, 2 de março - Abdicação do imperador Nicolau II.
  ↓
1917, 3 de março - Recusa da coroa pelo grande knyaz Mikhail Alexandrovich.
  ↓
1917, 5 de maio - formação do segundo Governo Provisório Russo.
  ↓
1917, 3-5 de julho - primeira tentativa de tomada do poder pelos bolcheviques.
  ↓
1917, 25 de julho - formação do terceiro Governo Provisório Russo comandado por Alexander Kerensky (Александр Керенский).
  ↓
1917, 26 de julho-3 agosto - VI congresso do POSDR de bolcheviques, decisão pela rebelião armada.
  ↓
1917, 25 de agosto - 1 de setembroGolpe de Kornilov, prisão de Kornilov.
  ↓
1917, 30 de agosto - 24 de setembro – “A Direção”, comandada por Alexander Kerensky.
  ↓
1917, 14-22 de setembro - Reunião democrática.
  ↓
1917, 24-26 de outubro - Rebelião armada em Petrogrado, prisão de todo o Governo Provisório.
  ↓
Vladimir Ilich Ulyanov (Lênin) (fonte)
1917, 25-26 de outubro - Congresso dos Sovietes de Deputados Operários e Soldados de Toda a Rússia; criação do Conselho dos Comissários do Povo comandado por Vladimir Lênin (Владимир Ленин)
  ↓
1917, 2 de novembro - Começo de formação do Exército de Voluntários no rio Don.
  ↓
1917, 5 de novembro - Restituição do patriarcado; metropolita Tikhon (Belavin) é eleito para o posto.
  ↓
1917, novembro - Abolição dos estados sociais e Patentes civis.
  ↓
1917, 12 de novembro - Eleições à Assembleia Constituinte.
  ↓
1918, 5-6 de janeiro - Reunião e dissolução da Assembleia Constituinte.
  ↓
1918, 3 de março - Conclusão do Tratado de Brest-Litovski.
  ↓
1918, 11 de março - Transferência da capital para Moscou.
  ↓
1918, 6 de junho - Assassinato do embaixador alemão Mirbach, revolta dos esquerdistas.
  ↓
1918, 17 de julho - Execução da família imperial Romanov.
  ↓
1918, 30 de agosto - tentativa de assassinato contra Lenin, anúncio do terror vermelho.
  ↓
1918, 18 de novembro - golpe em Omsk, Kolchak é o governante na Rússia.
  ↓
Guerra Civil Russa 1918-1922 (fonte)
1919, 11 de janeiro - início do confisco.
  ↓
1919, maio-junho - o exército de General Yudenich ataca Petrogrado.
  ↓
1919, junho-outubro - os exércitos de General Denikin atacam Moscou.
  ↓
1920, 7 de fevereiro - Fuzilamento de Almirante Kolchak.
  ↓
1920, 29 de dezembro - aceitação de plano GOELRO.
  ↓
1921, março - rebelião de Kronstadt.
  ↓
1921, 8-16 de março - X encontro de PCUS, início de nova política econômica.
  ↓
1921 - má colheita, fome generalizada na União Soviética.
  ↓
1922, 3 de abril - escolha de Iosif Stalin (Иосиф Сталин) como Secretário-Geral do PCUS.
  ↓
1922, novembro - fim da guerra civil no Extremo Oriente, evacuação do exército branco.
  ↓
1922, 30 de dezembro - Ato de criação da URSS.
  ↓
Iosif Stalin (fonte)
1924, 21 de janeiro - morte do líder revolucionário e da URSS Vladimir Lênin (visitei seu mausoléu)
  ↓
1924, 31 de janeiro - Primeira constituição da URSS.
  ↓
1925 - XIV encontro do PCUS, aumento de industrialização.
  ↓
1927 - XV encontro do PCUS, derrota da oposição de Trotsky-Zinovyev.
  ↓
1934, 1 de dezembro - assassinato de Kirov, expurgo de funcionários.
  ↓
1935, 15 de maio - abertura de metrô de Moscou.
  ↓
1936, 27 de junho - proibição do aborto na URSS.
  ↓
1936, 5 de dezembro - aceitação de constituição de Stalin.
  ↓
1938, 29-30 de setembro - acordo de Munique.
  ↓
1939, 1 de setembro - ataque da Alemanha à Polônia, início de Segunda Guerra Mundial.
  ↓
1939, 28 de setembro - acordo entre a Alemanha e a União Soviética sobre amizade e fronteiras.
  ↓
1939, 1-2 de novembro - anexação da Bielorrússia Oeste e da Ucrânia Oeste à União Soviética.
  ↓
1939, novembro - início da guerra soviético-finlandesa.
  ↓
1940, março - fim da guerra soviético-finlandesa com derrota dos soviéticos.
  ↓
"Bata em Hitler"
propaganda em tempos de guerra (fonte)
1941, 22 de junho - ataque dos alemães à União Soviética, início da Frente Oriental.
  ↓
1941, 8 de setembro - início do cerco a Leningrado.
  ↓
1941, 30 de setembro-5 de dezembro - luta por Moscou.
  ↓
1942, julho-2 de fevereiro de 1943 - Batalha de Stalingrado.
  ↓
1943, 5 de julho-23 de agosto - Batalha de Kursk.
  ↓
1943, setembro - restabelecimento do patriarca ortodoxo na União Soviética.
  ↓
1943, 28 de novembro-1 de dezembro - conferência de Teerã.
  ↓
1944, 27 de janeiro - fim do cerco a Leningrado.
  ↓
1944, 25 de março - cegada do Exército Vermelho à fronteira da União Sovetica.
  ↓
1944, 6 de junho - abertura da Segundo Frente na Europa.
  ↓
1945, 4-11 de fevereiro - conferência de Ialta.
  ↓
1945, 9 de maio - Dia da Vitória sobre a Alemanha Nazista.
  ↓
1945, 17 de julho-2 de agosto - conferência de Potsdam.
  ↓
1945, 2 de setembro - capitulação do Japão.
  ↓
1946, 5 de março - discurso de Churchill em Fulton.
  ↓
1948 - criação do Conselho para Assistência Econômica Mútua (COMECON) e da OTAN.
  ↓
Primeira bomba atômica soviética de 1949 (fonte)
1949, 29 de agosto - experimentada com sucesso a primeira bomba atômica da União Soviética.
  ↓
1949 - 1950 - Caso de Leningrado.
  ↓
1953, 5 de março - morte de Stalin. Início da reabilitação das vítimas do totalitarismo.
  ↓
1953, 7 de setembro - Sessão plenária do Comitê Central do PCUS define Nikita Khrushchov (Никита Хрущёв) como secretário-geral do Comitê Central do PCUS.
  ↓
1954 - Início da colonização das solos virgens
  ↓
1955, 14 de maio - criação de Pacto de Varsóvia.
  ↓
1955, 15 de novembro - início das operações do metrô de São Petersburgo.
  ↓
1956, 14-25 de fevereiro - XX conferência do PCUS. Сonvicção de Culto de personalidade de Stalin.
  ↓
1957, 4 de outubro - Lançamento do primeiro Sputnik pela União Soviética.
  ↓
1961, 12 de abril – Primeiro voo ao espaço de Yuri Gagarin.
  ↓
1961, agosto - erguimento do Muro de Berlim.
  ↓
Crise dos mísseis de 1962 (fonte)
1962, outono - Crise dos mísseis de Cuba.
  ↓
1964, 15 de outubro - escolha de Leonid Brezhnev (Леонид Брежнев) para secretário-geral do Comitê Central do PCUS.
  ↓
1975, 1 de agosto - entrado do exército sovietico no Afeganistão.
  ↓
1980, julho-agosto - Olimpíada de Moscou.
  ↓
1982, 10 de novembro - morte de Leonid Brezhnev.
  ↓
1982 - 1984 - Yuri Andropov (Юрий Андропов) é eleito secretário-geral do Comité Central do PCUS.
  ↓
1984 - 1985 - Konstantin Tchernenko (Константин Черненко) é selecionado como secretário-geral do Comité Central do PCUS.
  ↓
1985, 11 de março - Mikhail Gorbachev (Михаил Горбачёв) é escolhido como secretário-geral do Comité Central do PCUS.
  ↓
1985, 23 de abril - Sessão plenária do Comitê Central do PCUS. Começo da Perestroika.
  ↓
1986, 26 de abril - Acidente nuclear de Chernobil.
  ↓
Queda do muro de Berlim; marco do declínio
do socialismo na Europa Oriental (fonte)
1987, dezembro - Tratado de Forças Nucleares de Alcance Intermediário entre URSS e EUA.
  ↓
1989, fevereiro - Saída do exército soviético do Afeganistão.
  ↓
1989, novembro - queda do muro de Berlim.
  ↓
1990, 19 de março - eleição de Gorbachev como presidente da URSS.
  ↓
1990, maio-junho - 1ª reunião dos deputados federais de RSFSR (República Socialista Federativa Socialista Russa).
  ↓
1990, 12 de junho - aceitação da Declaração sobre a Soberania do Estado da RSFSR na primeira reunião dos deputados federais.
  ↓
1991, 17 de março - referendo sobre o destino da União Soviética.
  ↓
1991, 12 de junho - eleição de Boris Iéltsin (Борис Ельцин) como presidente da RSFSR.
  ↓
1991 - dissolução do Conselho para Assistência Econômica Mútua e do Pacto de Varsóvia.
  ↓
1991, 19-21 de agosto - estabelecimento do Comitê Estatal de Emergência, Transferência do poder para o presidente da RSFSR Boris Iéltsin, começo da dissolução da União Soviética.
  ↓
(esq. para dir.) Gorbachev, Iéltsin e Putin,
três dos quatro últimos líderes russos (fonte)
1991, 24 de agosto - decisão de Mikhail Gorbatchev de renunciar a suas obrigações de Secretário-geral do Comitê Central do PCUS e da dissolução do Comitê Central.
  ↓
1991, novembro - proibição das atividades do PCUS.
  ↓
1991, 8 de dezembro - Pacto de Belaveja dos presidentes da Federação Russa, Bielorrússia e Ucrânia sobre a dissolução da URSS.
  ↓
1991, 25 de dezembro - lei de renomeação da RSFSR para a Federação Russa.
  ↓
1992, 2 de janeiro - liberalização dos preços.
  ↓
1992 - começo das privatizações.
  ↓
1993, 25 de abril - Referendo nacional da Federação Russa.
  ↓
1993, 21 de setembro-4 de outubro - Crise constitucional russa.
  ↓
1999, 8 de dezembro - acordo da União da Rússia e Bielorrússia.
  ↓
1999, 31 dezembro - renúncia de Boris Iéltsin, indicação de Vladimir Putin (Владимир Путин) como presidente da Federação Russa de facto.
  ↓
2000, 26 de março - eleição de Vladimir Putin como presidente da Federação Russa.


Século XXI
Dmotry Medvedev, ex-presidente e atual premier (fonte)
2004, março - reeleição de Vladimir Putin como presidente da Federação Russa.
  ↓
2008, março - eleição de Dmitri Medvedev (Дмитрий Медведев) como presidente da Federação Russa.
  ↓
2010 - criação da União Aduaneira da Eurásia.
  ↓
2011, outubro - acordo de criação da União Econômica Eurasiática.
  ↓
2012, março - eleição de Vladimir Putin como presidente da Federação Russa.

Bom, é mais ou menos isso. Espero que tenham gostado. Se quiserem comentar algo sobre os acontecimentos, pode escrever. Só não posso garantir que meus conhecimentos da história do país sejam assim tão abrangentes. Até a próxima!

4 comentários:

  1. Привет мой брат!
    Молодец! Отлицная статья!
    Didático sem ser extenso e prático para pronta consulta. A Rússia de fato é um país milenar, com história e cultura únicas. É muito triste constatar que boa parte dessa História tenha sido escrita com quantidades pavorosas do sangue do seu povo. Pelo que entendo, até hoje os russos trazem em sua alma - em seu ethos - as cicatrizes de tanto sofrimento. Na realidade, ao longo de toda a trajetória humana neste planeta tem havido sofrimento e derramamento de sangue. Mas, neste quesito ninguém sofreu mais do que os eslavos, segundo o que li.
    Bom, tenho duas perguntas, meu amigo;

    1 - O que foi e por quê aconteceu a Crise Constitucional Russa?
    2 - Vi que não foram mencionados os conflitos no Cáucaso no final do século XX e começo do século XXI, que foram os conflitos da Chechênia, na Abkhazia e na Ossétia do Sul. Estes não são considerados eventos dignos de nota ou não foram incluídos no artigo por algum outro motivo?
    Bom, por hora é isso. Grande abraço e bom fim de ano!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Kleber!
      Muito obrigado!
      Sim, os povos da parte leste da Europa realmente já sofreram muito. Não sei se são os que sofreram mais, mas certamente eles tem um longo histórico de problemas.

      Sobre as perguntas:
      1 - bom, resumidamente, foi um impasse entre o presidente Iéltsin e o Soviete Supremo (resquício da URSS). O presidente disse que não conseguia governar com o SS atrapalhando e decidiu dissolver o SS e o congresso. O SS e o congresso não reconheceram esses atos e deram um impeachment no Iéltsin. Aconteceram muitos protestos contra o presidente e ele decidiu usar o Exército para fazer valer o seu poder. Houve bombardeios e quase 500 pessoas morreram segundo os números oficiais (extra-oficialmente se diz que foram mais de 2000). Depois de quase duas semanas de impasse e conflitos, Iéltsin se sobressaiu e conseguiu finalmente governar como achava apropriado, sem a interferência do SS, que deixou de existir (agora só existe a Duma Federal, que é a câmara baixa do parlamento). A Wikipédia tem um artigo bem explicativo sobre esse episódio (e eles têm fontes).
      2 - bom, não foi eu que confeccionei a linha do tempo e nela não havia nenhuma menção aos conflitos. Também achei estranho mas, preferi deixar como estava e apenas traduzi(mos) como estava lá.

      Obrigado, abraço apra ti também e antes do fim do ano sai mais umpost (no dmingo para ser mais exato). Até lá!

      Excluir
  2. Olá campeão ótimo texto. Estou sugerindo essa lista de livros que de repente possa interessar-lhe: https://www.amazon.com.br/Bad-War-Truth-Never-Taught/dp/1507764995;
    https://www.amazon.com.br/War-Against-Putin-Government-Media-Complex/dp/1500316261/ref=sr_1_2?s=books&ie=UTF8&qid=1482500258&sr=1-2;

    http://www.hlage.com.br/E-Books-Livros-PPS/AsSociedadesSecretas_Original.pdf

    Parabéns pelos post.
    Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Toko.
      Muito obrigado pelos links. Sempre é bom quando alguém colabora para o post ficar aind amais rico.
      Vou dar uma olhada com calma no ano que vem.
      Valeu! Abs.

      Excluir

Antes de comentar, é preciso saber que existem algumas regras por aqui:
1 - os comentários sempre são moderados. Se escrever uma vez e parecer que deu erro, não deu não.
2 - se for perguntar algo, verifique se sua pergunta tem a ver com a postagem onde vai comentar. Se não tiver, o comentário será ignorado.
3 - se pensa em pedir alguma ajuda para imigrar para a Rússia (quase todos os dias recebo esse tipo de mensagem), nem perca seu tempo.
4 - seja educado. Afinal de contas, dizer "olá" e "obrigado" não custa nada.
5 - quer dar alguma sugestão para postagem? Inscreva-se no blog primeiro. Assim os dois se ajudam.

Se conseguir observar tudo isso acima (e não é difícil, convenhamos), seu comentário é muito bem-vindo.